PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Recorde pelo 2º dia seguido: OMS registra 350 mil novos casos de Covid-19 no Mundo nas últimas 24h

No total, o Mundo já soma 36.361.054 casos do novo coronavírus e 1.056.183 mortes reportadas à OMS. Os novos números são puxados pela Europa, onde o contágio pela doença tem subido

18:28 | 09/10/2020
Brasil mantém elevado número de casos do novo coronavírus (Foto: Pedro Pardo / AFP)
Brasil mantém elevado número de casos do novo coronavírus (Foto: Pedro Pardo / AFP)

A Organziação Mundial da Saúde (OMS) informou 350.766 novos casos de Covid-19 confirmados nas últimas 24 horas. O número, divulgado nesta sexta-feira, 9, é recorde no Mundo pelo segundo dia seguido. Nessa quinta-feira, 8, foram 338.779 novas infecções contabilizadas globalmente. Quanto às mortes pela doença, foram registradas 6.339 no último dia.

No total, o Mundo já soma 36.361.054 casos do novo coronavírus e 1.056.183 mortes reportadas à OMS. Os novos números são puxados pela Europa, onde o contágio pela doença tem disparado nas últimas semanas.

A pandemia se acelerou claramente, com 315 mil novos casos detectados todos os dias no Mundo, ou seja, 6% a mais que na semana anterior, conforme balanço da AFP. Na Europa, porém, houve 28% mais casos. O número de infecções diárias hoje é cinco vezes maior do que há três meses (cerca de 84.400 agora em comparação com 15.000 no início de julho).

As infecções por Covid-19 dispararam esta semana na Europa, situação que levou o governo espanhol a decretar estado de alerta em Madri, nesta sexta-feira, 9, para enfrentar a pandemia, cujas restrições bloquearam quase três milhões de migrantes em todo mundo. A Europa conta com 6.676.012 confirmações e 244.754 óbitos.

No total, este continente contabiliza mais de 6,2 milhões de pessoas infectadas e quase 240.000 mortes por covid-19. A Espanha é um dos países europeus mais afetados. Nesta sexta-feira, o governo decretou estado de alarme por 15 dias em Madri e em vários municípios vizinhos, depois que a Justiça anulou a decisão do governo de confinar parte da região da capital há uma semana.

Com AFP

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >