PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Em pequeno estudo, vacina contra Covid-19 da Moderna gera anticorpos neutralizantes em idosos

Foram testados 40 idosos em estudo de Fase 1 com a vacina do laboratório Moderna, dos EUA; as testagens da mesma vacina em pessoas de 18 a 55 anos já estão na Fase 3

Catalina Leite
11:59 | 30/09/2020
A pesquisa identificou que os efeitos adversos associados à vacina foram principalmente leves ou moderados nos adultos mais velhos. (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
A pesquisa identificou que os efeitos adversos associados à vacina foram principalmente leves ou moderados nos adultos mais velhos. (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

A vacina mRNA-1273, do laboratório estadunidense Moderna, parece gerar anticorpos neutralizantes contra Covid-19 em idosos a partir de 56 anos após análise de dados de um pequeno estudo de Fase 1. Os resultados foram publicados nessa terça-feira, 29, no periódico científico The New England Journal of Medicine.

O estudo configura como de Fase 1 e testou a vacina em 40 idosos. Foram duas aplicações com dosagem de 25 microgramas (g) ou 100g. Os resultados preliminares indicaram que os voluntários que receberam a dose de 100 g geraram um número maior de anticorpos neutralizantes - os que combatem o vírus - e de ligação - os que “grudam” no vírus e alertam outros anticorpos para combatê-lo.

“Os dados sugerem que uma segunda dose de vacina é necessária para obter anticorpos neutralizantes em participantes após a idade de 56 anos”, explicam os autores principais da pesquisa, Anderson Evan e Rouphael Nadine. “Os títulos [anticorpos] aumentaram rapidamente em sete dias após a vacinação de reforço.”

LEIA TAMBÉM | Entenda o processo de desenvolvimento de remédios no Brasil

Ainda, a pesquisa identificou que os efeitos adversos associados à vacina foram principalmente leves ou moderados nos adultos mais velhos. Os mais frequentes foram: fadiga, calafrios, dor de cabeça, mialgia (dor muscular) e dor no local da injeção. Eles foram mais comuns após a segunda imunização.

Vacina mRNA-1273

 

Esse estudo de Fase 1 avaliou a segurança da vacina mRNA-1273 em adultos a partir de 56 anos. No entanto, a mesma vacina já está na Fase 3 desde 27 de julho de 2020 em testes na faixa etária entre 18 e 55 anos. O laboratório também está registrado como na Fase 3 na relação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com o laboratório, os resultados do pequeno estudo com idosos são compatíveis com aqueles realizados em adultos saudáveis entre 18 e 55 anos. Veja como funciona a vacina de mRNA no vídeo do laboratório, em inglês: