Participamos do

Sete bares são fechados em Fortaleza por funcionarem sem autorização

Operação notificou nove estabelecimentos, dos quais sete foram fechados por violarem o decreto estadual de isolamento social
22:06 | Ago. 02, 2020
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário de jornalismo
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em Fortaleza, nove estabelecimentos foram notificados em operação de monitoramento do respeito às exigências do Decreto Estadual nº 33.700, publicado em 1º de agosto de 2020, que determina as regras de de isolamento vigentes. Sete deles foram fechados por estarem funcionando sem autorização. Operação ocorreu na noite de sábado, 1º e envolveu quatro órgãos de fiscalização, dentre forças estaduais e municipais.

Os sete estabelecimentos fechados foram bares que estavam em pleno funcionamento. Estabelecimentos foram autuados no mesmo dia em que o governador Camilo Santana (PT) e o prefeito Roberto Cláudio (PDT) haviam anunciado que a abertura de bares na Capital continuava sem previsão de retomada.

LEIA TAMBÉM | "Praia dos Crush" e Beira Mar voltam a registrar aglomerações neste domingo

O primeiro local a ser alvo da operação conjunta foi um bar localizado na avenida Raul Barbosa. O funcionamento deste tipo de comércio é irregular segundo a fase do plano de retomada econômica na qual Fortaleza se encontra.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na segunda intervenção, os agentes com efetivo da Polícia Militar do Estado (PMCE) dispersaram aglomeração em um posto de gasolina localizado na avenida Washington Soares. Depois da ação, no bairro Mondubim, outros dois estabelecimentos foram fiscalizados e fechados.

No bairro Pici, dois bares que também funcionavam irregularmente foram fiscalizados e fechados. Na Barra do Ceará um outro bar também foi fechado pela ação pelo mesmo motivo. Localizado na avenida 20 de janeiro, o estabelecimento teve ainda mesas e cadeiras apreendidas.

Em paralelo com as outras intervenções, um paredão de som foi apreendido na rua Carnaúba, no bairro Floresta. Ação foi feita para resguardar o sossego dos vizinhos do bairro e evitar eventuais aglomerações.

Como resultado da ação, o Boteco, bairro tradicional da noite boêmia de Fortaleza, também foi notificado e fechado por funcionamento irregular. A unidade do estabelecimento que foi alvo da operação fica localizada no bairro Dionísio Torres.

Ação foi feita em parceria com a PMCE, por meio do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA), e a Prefeitura de Fortaleza, através da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e Guarda Municipal de Fortaleza (GMF).

As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A entidade frisou que as medidas de fiscalização mais demandadas pelos órgãos de segurança são: “Funcionamento irregular de bares e ocorrências de poluição sonora com utilização de paredões de som e que geram aglomeração de pessoas”.

Ainda segundo a entidade, os bairros com maior incidência de estabelecimentos que estão sendo alvos das fiscalizações são: Barra do Ceará, o Edson Queiroz e a Cidade dos Funcionários.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags