PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Nepal volta a permitir acesso ao Everest apesar da incerteza sobre Covid-19

As fronteiras foram fechadas em março, pouco antes da temporada turística. Decisão custou milhões de dólares para a economia do país

07:42 | 31/07/2020
Everest Base Camp Trekking Route, em Nepal. (Foto: Unsplash/Martin Jernberg)
Everest Base Camp Trekking Route, em Nepal. (Foto: Unsplash/Martin Jernberg)

O Nepal voltou a permitir o acesso à sua área montanhosa, mais especificamente ao Everest, para expedições de fim de ano com o objetivo de impulsionar o setor de turismo, apesar das incertezas sobre a pandemia - anunciaram as autoridades nepalesas nesta sexta-feira, 31.

As fronteiras foram fechadas em março, pouco antes do início da temporada turística, quando milhares de alpinistas se deslocam para o Himalaia. Essa decisão custou milhões de dólares para a economia do Nepal e causou a demissão de milhares de nepaleses.

O confinamento nacional terminou na semana passada, e o Nepal agora está aberto "para as atividades turísticas, como o alpinismo e as excursões", disse à AFP Mira Acharya, do Ministério do Turismo.

Os voos internacionais para este país devem ser retomados após 17 de agosto.

"Seria um alívio se pudéssemos voltar a organizar expedições após uma temporada totalmente virgem na primavera", disse Mingma Sherpa, do Seven Summit, uma das principais empresas deste setor no Nepal.

A "reabertura" da zona nepalesa do Himalaia se dá em um país onde mais de mil casos de coronavírus foram detectados esta semana, totalizando 19.547 desde o início da crise.