PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

"Cuidem dos velhos", diz palestino que escalou até janela de hospital para ver mãe com Covid-19

A mãe de Jihad, Rasmi, foi internada no início do mês com sintomas da infecção com o novo coronavírus. Ela já se tratava de um câncer

Ismia Kariny
14:35 | 24/07/2020
 A imagem de Al-Suwaiti comoveu internautas (Foto: Reprodução/Facebook )
A imagem de Al-Suwaiti comoveu internautas (Foto: Reprodução/Facebook )

 

Palestino que escalou parede de hospital, na Cisjordânia, pediu para que as pessoas se cuidassem para que não passassem pela mesma dor que sente, por perder a mãe, vítima das complicações da Covid-19. “Se tivesse possibilidade, daria minha vida”, lamentou o filho em entrevista à emissora Palestine TV. A história de Jihad Al-Suwaiti, de 30 anos, ganhou repercussão, após internautas compartilharem nas redes sociais imagens em que ele escala até a janela de um hospital, onde podia ver sua mãe doente. As informações são do portal de notícias do G1.

"Nunca imaginei viver essa situação, perder minha mãe assim. Não desejo isso para ninguém. Senti que o mundo se fechou à minha frente", lamentou o homem. A mãe de Jihad, Rasmi, de 73 anos, foi internada no início do mês com sintomas da infecção pelo novo coronavírus. Ela já recebia tratamento por ter câncer. Como o filho não podia entrar, devido ao risco de contaminação, a única solução que encontrou para ver a mãe foi escalar a parede até a janela do quarto em que ela estava.

Jihad visitou a mãe pela janela do hospital todos os dias até a data da morte dela, ocorrida em 16 de julho. "O único lugar para acompanhar era aquela janela. Como cheguei lá? Sinceramente, não sei", contou o filho. "Se eu tivesse a possibilidade, daria minha vida, minha alma para que ela ficasse viva por mais um tempo. Cuidem dos velhos para não sentir a amargura que senti".