PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Apesar de queda, taxa de contágio do coronavírus no Brasil é a quarta maior da América do Sul

Estudo de monitoramento foi feito pela universidade de medicina da Imperial College, na Inglaterra, e monitorou 53 países com transmissão ativa do novo coronavírus. Índice sugere que números diários ainda estão aumentando na nação

Alan Magno
20:57 | 22/07/2020
Taxa de contágio do coronavírus no Brasil fica acima do índice 1 pela 13ª semana aponta levantamento  (Foto: Arquivo)
Taxa de contágio do coronavírus no Brasil fica acima do índice 1 pela 13ª semana aponta levantamento (Foto: Arquivo)

A taxa de contágio de coronavírus no Brasil é a quarta maior da América do Sul, conforme expressa levantamento feito pela universidade de medicina da Imperial College, na Inglaterra. Levantamento semanal foi divulgado nesta quarta-feira, 22, e expressou os resultados comparando 53 países ao redor do mundo que ainda apresentam focos de transmissão ativa de Covid-19.

Nesta semana, a taxa brasileira marcou o índice de 1,1. Valor representa que cada brasileiros infectado com o novo coronavírus está transmitindo a doença, em média, para uma nova pessoa. Na semana passada, a taxa estava em 1,3. Apesar da redução, a entidade destaca que há 13 semanas, a taxa do Brasil se mantém acima do índice 1 — ou seja, em crescimento linear das médias diárias.

A continuidade da taxa nessa faixa, expressa, segundo o estudo feito pela Imperial College, a existência e expansão de focos de transmissão ativo da doença. A taxa brasileira empata com a do Equador, e está atrás apenas das registradas no Peru, com índice 1,5, Colômbia, 1,22 e Argentina, que marcou 1,3.

No Brasil, a realidade da pandemia é diversificada dentre as regiões e unidades federativas da nação. Nesta quarta-feira, o país atingiu a marca de 1.367 contabilizados em 24 horas. Ao total são 2.159.654 casos confirmados da nova doença. Foram 41.008 novos casos confirmados em 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde. 81.487 brasileiros já morreram por causa da Covid-19.