PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Estudo aponta medicamento que reduz em 79% o risco da Covid-19 se agravar em paciente

Voluntários que se submeteram a teste com o remédio mostraram ter o dobro de chances de se recuperarem da doença do que demais que eram tratados com placebo

18:32 | 20/07/2020
O remédio impossibilita o vírus a se agravar no organismo (Foto: Getty Images)
O remédio impossibilita o vírus a se agravar no organismo (Foto: Getty Images)

Um estudo realizado pela Universidade de Southampton, Reino Unido, descobriu que o medicamento chamado SNG001 reduz em 79% o risco de um paciente desenvolver a forma grave da Covid-19. A descoberta foi anunciada nesta segunda-feira, 20, pelo laboratório que produziu o medicamento, Synairgen, e divulgada pelo jornal Estado de Minas.

O estudo foi realizado em 101 pacientes e o tratamento inalado contou com o uso de uma proteína natural denominada interferon beta, que auxilia na resposta do organismo ao vírus. Os voluntários que se submeteram a esse teste mostraram ter o dobro de chances de se recuperar da doença, em comparação àqueles que receberam placebo. 

LEIA MAIS: Vacina produzida por laboratório chinês chega ao Brasil

De acordo com pesquisa, três dos pacientes (6%) que haviam sido tratados com placebo morreram. Em contrapartida, não houve falecimento daqueles que foram tratados com o medicamento SNG001, apresentando uma resposta mais eficaz da parte desse.

O estudo ainda não teve revisão por pares, momento em que a validade do teste seria relatada, mas levantou os ânimos de pesquisadores quanto a possibilidade de evitar mortes em grandes números pela doença, combatendo o impacto que o vírus tem sob o organismo.