PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Novo centro de acolhimento de Fortaleza atenderá até 200 pacientes de Covid-19

Instalado no Centro de Formação Olímpica, o local recebe, a partir desta sexta-feira, 17, pessoas em situação de vulnerabilidade social

12:12 | 17/07/2020
Novo centro de acolhimento a pacientes de Covid-19 no CFO (Foto: Divulgação)
Novo centro de acolhimento a pacientes de Covid-19 no CFO (Foto: Divulgação)

Por Luiza Ester Oliveira

Especial para O POVO

Com capacidade para atender até 200 residentes temporários, o Centro de Formação Olímpica (CFO) sedia agora um novo Centro de Acolhimento e Isolamento Social (CAIS). A partir desta sexta-feira, 17, o local passa a receber pessoas em situação de vulnerabilidade social com sintomas leves da Covid-19. Com encaminhamento das equipes de Estratégia da Família (ESF), pacientes podem cumprir o isolamento social na nova estrutura.

A unidade oferece área de lazer, alimentação e monitoramento do quadro de saúde dos pacientes diagnosticados e identificados pelas equipes da ESF. Os que não têm como cumprir isolamento domiciliar serão acolhidos por sete a 14 dias com o objetivo conter o ciclo de contágio e diminuir a circulação viral do novo coronavírus.

Veja vídeo da entrega da unidade:

A iniciativa é uma parceria da Prefeitura de Fortaleza com a Fundação Itaú, o Governo do Estado do Ceará e o Instituto da Primeira Infância (Iprede). Em live realizada durante a inauguração do equipamento, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou que a unidade conta com três andares de quartos e alas específicas para mulheres, homens e agêneros.

Novo centro de acolhimento a pacientes de Covid-19 no CFO
Novo centro de acolhimento a pacientes de Covid-19 no CFO (Foto: Divulgação)

Segundo o prefeito, “a ideia é que os pacientes passem todo o período da quarentena (no Centro). Caso optem pela entrada, sairão após deixarem de estar contaminantes. Isso certamente garantirá conforto, acolhimento adequado e humanizado”. Cada quarto terá duas camas, banheiro próprio, guarda-roupa, frigobar, aparelho televisor e varanda. A unidade também será equipada com internet e terá quartos com acessibilidade.

O equipamento terá disponível ambulância 24h. De acordo com a gravidade dos sintomas, os pacientes serão encaminhados para uma unidade de saúde adequada, como as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

 


--