PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Rio mantém proibição de permanência na areia das praias

Multa será de R$ 127, além de que o infrator pode responder por crime de desobediência

15:29 | 09/07/2020
Um homem de máscara protetora relaxa na calçada da praia do Leme durante o surto de doença de coronavírus (COVID-19), no Rio de Janeiro, Brasil, 9 de maio de 2020. REUTERS / Ricardo Moraes (Foto: REUTERS / Ricardo Moraes)
Um homem de máscara protetora relaxa na calçada da praia do Leme durante o surto de doença de coronavírus (COVID-19), no Rio de Janeiro, Brasil, 9 de maio de 2020. REUTERS / Ricardo Moraes (Foto: REUTERS / Ricardo Moraes)

A prefeitura do Rio de Janeiro decidiu manter a proibição de banhistas na areia das praias pelo fato de não ser possível usar a máscara de proteção durante o banho de sol ou nos mergulhos no mar. Segundo o prefeito Marcelo Crivella, a partir deste fim de semana, quem estiver na areia da praia, será multado em R$ 127 e poderá responder por crime de desobediência.

Após uma reunião na manhã de desta quinta, 9, com o conselho científico que assessora a Prefeitura, Crivella afirmou que a areia da praia só será liberada quando houver uma vacina contra a Covid-19 ou quando o risco de contaminação pelo novo coronavírus estiver próximo de zero.

"Em locais onde não se pode usar a máscara, como na praia, a tendência é só retornar quando tivermos vacina, que está sendo testada e poderá ser produzida aqui na cidade, na Fiocruz [Fundação Oswaldo Cruz]. Não é uma coisa distante no horizonte. Do Leme ao Pontal, milhares de pessoas sem máscara, depois voltando no ônibus ou no carro para casa, podem comprometer os leitos de UTI [unidade de terapia intensiva] e de enfermaria que estão sobrando no Rio", afirmou.

Atualmente, está liberada apenas a prática de exercícios nos calçadões e de esportes como surf e natação. Vendedores ambulantes estão proibidos de circular nas praias. A prefeitura também manteve a proibição de público nos estádios para acompanhar as partidas de futebol.

Os shopping centers terão horário estendido de funcionamento a partir de sexta-feira, 10 e, em vez fechar às 20h, funcionarão das 12h às 22h. As casas lotéricas poderão funcionar entre 8h e 18h. As feiras de arte e artesanato também estão permitidas a partir desta sexta-feira.