PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Foco do aumento de casos, Cariri recebe mais de 800 mil kits com máscaras de pano

A macrorregião registrou 11,7 mil casos de Covid-19 até a manhã desta quinta-feira, conforme atualização do IntegraSUS

Leonardo Maia
13:16 | 09/07/2020
A macrorregião do Cariri é uma das que mais preocupa o Governo Estadual. (Foto: JL Rosa/O POVO)
A macrorregião do Cariri é uma das que mais preocupa o Governo Estadual. (Foto: JL Rosa/O POVO)

Governo Estadual distribuirá cerca de 860 mil kits de máscaras de pano para 21 municípios da macrorregião do Cariri. A região é uma das que mais tem demandado atenção da Secretária da Saúde (Sesa) devido ao crescimento acelerado do número de casos e óbitos em decorrência do novo coronavírus. No total, estão sendo doadas cinco milhões de máscaras no Estado.

Dentre as cidades beneficiadas com essa ação, estão: Juazeiro Do Norte, Iguatu, Crato, Mombaça, Barbalha, Orós, Acopiara, Mauriti, Várzea Alegre, Missão Velha, Quixelô, Brejo Santo, Icó, Farias Brito, Campos Sales Caririaçu, Cariús, Assaré, Araripe, Potengi e Baixio. No Ceará, 76 municípios já foram beneficiados pela ação.

Desde o dia 22 de junho, Juazeiro do Norte, principal município do Cariri, está sob lockdown, determinado por Decreto Estadual. O número de casos confirmados de Covid-19 na macrorregião saltou de 4.053 para 6.660 entre os dias 18 e 28 do mês passado. O incremento representa um aumento de 64% nas confirmações da doença nesse período. Na última semana, quatro municípios da região também adotaram o lockdown: Crato, Barbalha, Brejo Santo e Iguatu.

Conforme última atualização do IntegraSUS, ferramenta da Sesa para acompanhamento do número de casos, na macrorregião do Cariri, 11.752 casos foram confirmados até a manhã desta quinta-feira, 9. Além disso, mais de sete mil casos ainda estão em investigação. Nas últimas 24 horas, uma morte por coronavírus foi registrada. A região já totaliza 348 óbitos em decorrência da doença, o que representa uma letalidade de 3%.

Distribuição é feita de acordo com número de casos

De acordo com a titular da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França, a forma como a pasta estadual realiza a distribuição acompanha a análise do número de casos da doença. “Manter a distância mínima de dois metros entre as pessoas também é outra medida que minimiza bastante o risco de contágio”, lembra a secretaria em nota.

Além dos equipamentos para proteção individual, a SPS também entrega, nesta quinta-feira, 243 kits com materiais pedagógicos para as equipes de abordagem social dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). O material didático é composto por jogos educativos, materiais como borracha, cola, caneta, lápis e outros.

Os profissionais ainda deverão receber álcool em gel, luva descartável látex, máscara em tecido, protetor facial, protetor solar, touca descartável, bolsa, camisa e garrafinha de plástico. O objetivo da ação para os profissionais, segundo o Governo, é assegurar a busca ativa por trabalho infantil, exploração sexual de crianças e adolescentes, dentre outras situações de vulnerabilidade.