PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Ala obstétrica criada no HGCC para pacientes sem Covid-19 já registra mais de 500 atendimentos

O espaço, aberto no setor anexo do hospital, tem como intuito reduzir a possibilidade de contaminação das mães e dos bebês

16:01 | 08/07/2020
Ala obstétrica busca diminuir riscos de infecção pelo novo coronavírus a gestantes e bebês (Foto: Reprodução/ sesa.ce.gov.br)
Ala obstétrica busca diminuir riscos de infecção pelo novo coronavírus a gestantes e bebês (Foto: Reprodução/ sesa.ce.gov.br)

Chamada de "ala obstétrica não Covid-19", o espaço aberto no setor anexo do Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) para atender pacientes sem o novo coronavírus já registra mais de 500 atendimentos. De acordo com informações divulgadas pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), nesta quarta-feira, 8, o local tem como intuito reduzir a possibilidade de contaminação das mães e dos bebês.

A nova ala conta com o trabalho de um equipe multiprofissional e teve sua criação pensada e executada por meio de reuniões do gabinete de gestão de crise durante a pandemia do novo coronavírus. Segundo a pasta, o espaço recebeu 35 novos leitos e possibilitou a ampliação do atendimento dado a gestantes, a mulheres com parto recente e aos seus filhos.

A iniciativa busca afastar os pacientes atendidos no setor obstétrico de pessoas que estão sendo tratadas ou que estão sob suspeita de estarem com Covid-19, para diminuir os riscos de infecção. Desde que o novo coronavírus foi reportado no Estado, em março deste ano, o HGCC tem sido um dos hospitais a receber pessoas infectadas pela doença.

Até 8h58min desta quarta-feira, o Ceará registrava 127.952 casos de Covid-19, 6.563 mortes pela doença e mais de 100 mil recuperações. As informações são do IntegraSUS, plataforma da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).