PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Microsoft fechará quase todas as lojas ao redor do mundo

Cerca de 100 lojas fechadas durante a pandemia não serão reabertas

14:44 | 26/06/2020
A empresa justificou a decisão dizendo que a maioria das compras é feita virtualmente. (Foto: Efes/Pixabay)
A empresa justificou a decisão dizendo que a maioria das compras é feita virtualmente. (Foto: Efes/Pixabay)

A Microsoft anunciou, nesta sexta-feira, 26, que fechará quase todas as suas lojas no mundo todo, já que a maior parte das vendas é feita on-line. A gigante de Redmon disse que destinará US$ 450 milhões para cobrir a desvalorização de ativos, decorrente dessa decisão, a ser registrada em suas contas no trimestre atual que termina em 30 de junho.

Leia Mais Após investimento milionário, Microsoft encerra plataforma de streaming Mixer

Além disso, as 100 lojas fechadas durante a pandemia de coronavírus não serão reabertas, afirmou a empresa, acrescentando que criará "Centros de Experiência Microsoft" em Londres, Nova York, Sydney e em sua sede em Redmon, no estado de Washington. O número de vagas de trabalho que serão perdidas não foi divulgado.