PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Mesmo com ampliação, vagas para junho do drive-thru de Covid-19 no HGF estão esgotadas

A Secretária de Saúde ressalta que pacientes com sintomas podem procurar outras unidades de saúde ou o centro de triagem do HGF

10:47 | 16/06/2020
SESA realiza testes para covid-19 em drive-thru no HGF .   (Foto: Fabio lima)
SESA realiza testes para covid-19 em drive-thru no HGF . (Foto: Fabio lima)

As vagas para agendar um horário no sistema de drive thru para testagem de Covid-19 no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) estão esgotadas nesta terça-feira, 16. A partir de hoje, serão feitos 96 testes diários, uma ampliação dos 45 feitos ontem, e dos 75 pensados inicialmente na expansão do serviço, como informou a Secretária de Saúde do Ceará (Sesa). Novas dadas e horários foram colocados a disposição na plataforma Saúde Digital, da secretária de saúde, mas com a alta demanda, já foram preenchidas.

Por enquanto, não há previsão de novos agendamentos. A pasta ressalta que pacientes com sintomas podem procurar outras unidades de saúde, como UPAs ou postos de saúde, ou o centro de triagem do HGF. Com a inclusão de novas vagas diárias, o Estado vai aumentar a testagem e serão feitos 576 testes por semana.

 

Print da plataforma de agendamento na manhã desta terça-feira, 16
Print da plataforma de agendamento na manhã desta terça-feira, 16 (Foto: Reprodução)

As amostras serão coletadas somente por agendamento, que é individual e intransferível. O serviço funciona de segunda à sábado, das 8 horas às 17 horas. O tipo de teste realizado é o RT-PCR, a testagem molecular. Para ser testado, o paciente precisa estar entre o terceiro e o sétimo dia de sintomas suspeitos do novo coronavírus, como febre, tosse e dor de cabeça.

No Ceará, já foram realizados 188.882 exames para o diagnóstico da Covid-19, segundo atualização da plataforma IntegraSUS, da Sesa, às 9h44min desta terça-feira, 16. Destes, foram 117.057 por teste rápido, 66.647 por RT-PCR e 5.170 por sorologia. O Estado tem 81 289 casos confirmados e 5.070 mortes em decorrência da doença.