PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Precisa sair? Saiba o que fazer para se proteger da Covid-19

Mesmo em tempos de flexibilização, as autoridades sanitárias e o governo do Estado recomendam que a população mantenha o distanciamento social

Ismia Kariny
08:58 | 12/06/2020
O uso de máscaras é obrigatório no Ceará, conforme decreto estadual (Foto: FCO FONTENELE)
O uso de máscaras é obrigatório no Ceará, conforme decreto estadual (Foto: FCO FONTENELE)

Com o plano de retomada das atividades econômicas em vigor no Ceará, muitas pessoas têm aproveitado a oportunidade para sair às ruas, em busca de resolver pendências ou mesmo retornar a rotina de trabalho. Com a maior mobilização de pessoas circulando os espaços públicos, a exposição de risco a Covid-19 se torna inevitável. Por isso, o curso de Enfermagem do Centro Universitário Fametro (Unifametro) elencou algumas dicas de cuidado e prevenção para as pessoas que precisam sair de casa reduzirem as chances de contágio com o novo coronavírus.

Quando posso sair de casa?

Conforme O POVO tem noticiado, mesmo em tempos de flexibilização, as autoridades sanitárias e o governo do Estado recomendam que a população mantenha o distanciamento social, que ainda está em vigor com o decreto de quarentena no Ceará. Assim, só devem ir às ruas em casos de necessidade, quando forem utilizar os serviços essenciais.

A medida é importante para evitar que o número de casos de pessoas infectadas venha a aumentar, causando pressão sobre o sistema de saúde público. Dessa forma, quanto menos pessoas doentes, mais leitos estarão disponíveis para os casos graves da Covid-19, evitando óbitos por falta de atendimento.

Quais cuidados devo ter ao sair e chegar em casa?

Leve apenas o essencial quando sair de casa para o trabalho ou em busca dos serviços essenciais. Carregue sempre álcool em gel, sabonete e uma máscara de proteção reserva. O material da sua bolsa ou mochila deve ter uma superfície de fácil higiene, sem danificação. Antes de sair, reserve um espaço para deixar sapatos, bolsas e acessórios quando retornar. Esse local será considerado zona suja, onde devem ficar todos os objetos que têm grande probabilidade de estar contaminados.

Leia também | Saiba como cuidar de alimentos e roupas para prevenir contaminação pelo coronavírus

Ao chegar em casa, coloque os objetos no local reservado do lado de fora. Coloque a bolsa ou mochila, o celular e as chaves em uma mesa e higienize-os com álcool 70% ou com solução de água sanitária. Após deixar esses itens neste local, deve-se ir direto para o banho. Prefira o uso de sabonete líquido. Lave sempre os cabelos e as roupas utilizadas.

O que posso fazer para me prevenir em ambientes públicos?

Quando chegar ao trabalho, limpe todas as superfícies com álcool 70% ou com solução de água sanitária. Evite cumprimentar as pessoas com aperto de mãos, beijos e abraços, e não compartilhe objetos e alimentos. Evite refeições em companhia de muitas pessoas, Priorize as escadas e só use os elevadores em caso de urgência.

No transporte individual, ao entrar ou sair, limpe todas as superfícies que toca com as mãos, como a maçaneta, volante, marcha, freio de mão, painel, cinto de segurança, chaves, dentre outros. Já no transporte coletivo, prefira sentar-se perto de uma janela, em distância de mais de 1 metro das outras pessoas. Evite tocar no rosto. Ao tossir ou espirrar, utilize a parte de dentro do cotovelo. Assim que descer do transporte, utilize álcool em gel e, quando possível, lave bem as mãos com sabão. Dê preferência pelo uso de vale eletrônico.

Quais recursos posso utilizar para a prevenção?

A higienização das mãos é o recurso mais importante para evitar o contágio. A transmissão do vírus ocorre principalmente por contato direto com superfícies contaminadas. Por isso, ao tocar em qualquer superfície que tenha tido o contato de outras pessoas, como por exemplo, o botão do elevador, maçanetas, corrimões, é necessária a higienização das mãos. Utilize álcool em gel e lave as mãos sempre que possível.

Leia também| Infectologista do Hospital São José orienta sobre cuidados básicos para se prevenir do coronavírus ao sair e voltar para casa

O uso de máscaras além de recomendado, é obrigatório, conforme o plano de retomada das atividades econômicas no Ceará. Ela deve ser trocada a cada 3 horas, sob o risco de diminuir as chances de contágio da doença. Portanto, nunca saia de casa sem esse Equipamento de Proteção Individual (EPI), e sempre carregue uma reserva.

Com alguns cuidados, esse EPI pode ser reutilizado. Para isso, ao chegar em casa, deixe as máscaras de molho por pelo menos 20 minutos em uma solução de água sanitária. Vale lembrar que as máscaras hospitalares comuns são descartáveis. A solução de higienização a ser utilizada é feita com duas colheres de sopa de água sanitária em 1 litro de água.