PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Agefis fecha 11 estabelecimentos comerciais e aborda 400 pessoas no Centro de Fortaleza

O órgão atuou ainda em cinco shoppings de Fortaleza para verificar o cumprimento dos protocolos sanitários e das medidas de distanciamento social

Matheus Facundo
21:46 | 09/06/2020
Desde o início da flexibilização, Fortaleza registra ruas lotadas no Centro; maioria das pessoas usava máscara (Foto: Fabio Lima) (Foto: Fabio Lima)
Desde o início da flexibilização, Fortaleza registra ruas lotadas no Centro; maioria das pessoas usava máscara (Foto: Fabio Lima) (Foto: Fabio Lima)

Durante esta terça-feira, 9, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) fechou 11 estabelecimentos comerciais no Centro da Capital por estarem funcionando fora do horário permitido pelo plano de reabertura gradual do comércio (antes das 10 horas ou após as 16 horas). O órgão também realizou o ordenamento de filas de lojas e agências bancárias e abordou cerca de 400 pessoas.

Ainda no Centro, foram dispersadas aglomerações nas praças do Ferreira, dos Leões, da Lagoinha e no Parque das Crianças. Ruas da região que concentram intenso fluxo de pessoas devido ao funcionamento do comércio como a Major Facundo, a Barão do Rio Branco, a Senador Pompeu, a Guilherme Rocha e a Liberato Barroso também tiveram aglomerados dispersados.

A Agefis atuou ainda em cinco shoppings de Fortaleza para verificar o cumprimento dos protocolos sanitários e das medidas de distanciamento social. Desde a reabertura dos shoppings nessa segunda-feira, 8, aglomerações e filas extensas têm sido registradas. Nesta terça-feira, 9, operação conjunta entre Agefis, Polícia Militar do Ceará (PMCE) e Vigilância Sanitária estadual iniciaram inspeções nos estabelecimentos.

O prefeito Roberto Cláudio anunciou, durante live no Facebook na noite desta terça-feira, que os estabelecimentos poderão ser interditados caso sigam não observando as medidas para conter aglomerações.

De acordo com balanço diário da Agefis, a feira de rua do Polar, no bairro Vila Velha, foi encerrada pelos agentes. Feiras livre, que fazem parte da 4ª fase da retomada, ainda estão proibidas de funcionarem. Roberto Cláudio afirmou que protocolo de apoio à reabertura das feiras está sendo preparado.

LEIA MAIS| Prefeitura colocará grades em calçadões e praças de Fortaleza para conter aglomerações

Ainda nesta terça-feira, 400 kits com máscaras de tecidos e panfletos educativos foram distribuídos na avenida Beira Mar, no trecho entre o Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema. Desde 8 de maio, a Agefis informa ter realizado mais de 1.584 ações de monitoramento e dispersão de aglomerações, e atuado em 78 operações de encerramento de feiras irregulares.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >