PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

UFC se prepara para aplicar 13 mil testes rápidos de Covid-19 nos estudantes e servidores

Qualquer pessoa da comunidade acadêmica poderá participar, obedecendo a diretrizes traçadas pela universidade

13:03 | 04/06/2020
Universidade Federal do Ceará - UFC fechada em meio a Pandemia do novo Coronavírus  (Foto: Sandro Valentim)
Universidade Federal do Ceará - UFC fechada em meio a Pandemia do novo Coronavírus (Foto: Sandro Valentim)

A Universidade Federal do Ceará (UFC) deve começar, até a próxima semana, a aplicar testes rápidos para a Covid-19 entre estudantes e servidores docentes e técnico-administrativos. Inicialmente, a meta é realizar 10 mil testes gratuitos ao longo de, no máximo, três meses. Qualquer pessoa da comunidade acadêmica poderá participar, obedecendo a diretrizes traçadas pela universidade. Interessados devem aguardar contato das pró-reitorias envolvidas na ação.

Os exames fazem parte do lote de 13.460 testes rápidos adquiridos pela UFC. O recurso no valor de R$ 1.413.300,00 para viabilizar a compra foi liberado pelo Ministério da Educação (MEC).

Os testes são feitos por meio da coleta de sangue e permitem a identificação de anticorpos IgM e IgG, podendo ser aplicados em qualquer pessoa, independentemente de ser caso suspeito ou não. O vice-reitor da UFC, professor Glauco Lobo, coordena a iniciativa. Segundo ele, a ideia é aplicar os testes em grande parte da comunidade acadêmica.

LEIA TAMBÉM | UFC não tem planejamento para atividades presenciais em 2020

A primeira fase dessa ação teve início no começo de maio, quando foram aplicados testes rápidos nos alunos das residências universitárias da UFC e nos beneficiados com auxílio-moradia. 

Como deve funcionar a aplicação

A maior parte dos testes rápidos deve ser aplicada na Faculdade de Medicina (Famed). O Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM) já reservou estrutura especial para a realização dessas atividades. O local tem a capacidade de realizar pelo menos 100 testes por dia, conforme o vice-reitor da UFC.

Além da Famed, os exames também devem ser realizados na Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem (FFOE) da universidade. A testagem se dará por fases, adotando, num primeiro momento, o critério de idade, por ser universal.

LEIA TAMBÉM | Ceará é o estado que mais realiza testes de coronavírus 

Extrafarma começa a realizar testes rápidos de Covid-19 no Ceará 

 Os servidores docentes e técnico-administrativos serão contatados pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep), e estudantes, pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), para saber se têm interesse em participar do exame.

A partir disso, as duas pró-reitorias envolvidas da UFC irão elaborar um calendário, organizando grupos de 100 pessoas, com agendamento de dia e hora para aplicação. Todos os interessados serão contatados, posteriormente, pela Secretaria de Tecnologia da Informação (STI), quando receberão informações sobre como proceder. Desse modo, a orientação aos interessados é aguardar essas comunicações.

Para que sejam corretamente notificados, a Secretaria orienta que os usuários mantenham atualizado o e-mail vinculado ao sistema virtual utilizado universidade para manter o contato, o SI3.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >