PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Idoso internado com quadro grave de Covid-19 não consegue leito em UTI; família recorre à Justiça

Neuriane Gurgel Leite, de 70 anos, está com pneumonia. Internado desde o dia 17 de maio na UPA do Vila Velha, ele precisa ir para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não encontra vagas

Gabriela Feitosa
18:14 | 24/05/2020
Neuriane Gurgel Leite, de 70 anos, tem quadro grave de Covid-19 e família entrou na Justiça para reivindicar leito de UTI
 (Foto: acervo pessoal)
Neuriane Gurgel Leite, de 70 anos, tem quadro grave de Covid-19 e família entrou na Justiça para reivindicar leito de UTI (Foto: acervo pessoal)

Internado desde o dia 17 de maio com estado grave de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o idoso de 70 anos Neuriane Gurgel Leite, precisa urgentemente ser transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), porém não consegue leito. Desesperada, a família entrou na Justiça com pedido de liminar para pressionar a Prefeitura de Fortaleza a atender pedido. Neuriane está na UPA do bairro Vila Velha, onde a família também denuncia demora e falta de informações sobre o quadro de pacientes.

"O médico explicou que o quadro dele é grave, disse que precisa ir para UTI. Ele está com pneumonia, precisa de respirador. Aqui em casa está todo mundo abalado", conta Naiana Leite, filha de Neuriane.

Conforme pedido judicial, categorizado como Tutela de Urgência, família pede um leito de UTI em hospital que atenda casos de Covid-19, seja público ou privado, "sob pena de pagamento de multa diária".

Documento do pedido de liminar feito à Justiça pela família de Neuriane Gurgel, acometido de Covid-19 e necessitando de leito de UTI
Documento do pedido de liminar feito à Justiça pela família de Neuriane Gurgel, acometido de Covid-19 e necessitando de leito de UTI (Foto: REPRODUÇÃO)

Ao O POVO, Naiana também contou que a assistência social da UPA não dá muitas informações sobre o quadro dos pacientes, o que ela até entende, devido o número de pessoas internadas, mas também reconhece seu direito de saber sobre o estado de saúde do pai. "A notícia que eles dão é a da morte. A gente fica agoniado aqui de o telefone tocar", desabafa.

O Ministério Público do Ceará (MPCE) já havia expedido uma recomendação às secretarias da Saúde do Ceará e de Fortaleza para que informem diariamente às famílias o quadro geral de saúde dos pacientes com Covid-19. 

No documento expedido no começo de maio, a promotora de Justiça Ana Cláudia Uchoa afirma que a ausência de notícias “tem causado muita angústia e sofrimento às famílias”.

A orientação é para todas as unidades públicas de saúde em que estejam internados pacientes de Covid-19 ou outras doenças. Em nota, o MPCE instrui que a comunicação deve ser feita “de forma clara, objetiva e compreensível”. Sugere-se o uso de WhatsApp, ligação telefônica, e-mail ou até comunicação pessoal, por meio do serviço social do hospital. Quando o paciente for internado, os familiares já deverão ser comunicados sobre como receberão os boletins diários.

Além de levar o caso à justiça, família também resolveu contar nas redes sociais o que estão passando. Foi a mãe de Naiana, Ana Célia, de 57 anos, que gravou o apelo. "A família precisa saber como o paciente se encontra. A atenção é muito pouca. Já que tem esses leitos para receber os pacientes... Meu esposo está em estado grave. Estamos precisando, realmente, tirar meu esposo de lá. Estamos aflitos", denuncia Ana.

Confira o vídeo:

[EMBED:


O POVO teve acesso a um documento que relata estado de saúde de Neuriane Gurgel. Segundo laudo, o diagnóstico de Covid-19 foi confirmado por teste rápido. Ele também está com Síndrome Respiratória Aguda Grave, com história de sintomas gripais de início no dia 6 de maio. "Tendo evoluído com piora progressiva da dispnéia, aumento dos episódios de tosse há cinco dias da admissão e deu entrada neste serviço com hipoxemia severa e dispneia ("cansaço") intensa", relata o documento. Nele, também consta que Neuriane respondeu parcialmente às medidas de oxigenoterapia por máscara respiratória e terapia farmacológica.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que o senhor Neuriane Gurgel Leite está recebendo todo o atendimento médico e assistência necessários na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no bairro Vila Velha. Devido à complexidade do seu caso, o paciente já está inserido na Central de Regulação de Leitos do Município e Estado, para ser transferido para um hospital de alta complexidade referência para o atendimento de pacientes com casos mais graves da Covid-19.

Documento que reforça o estado de Neuriane Gurgel, acometido de covid-19, confirmado em teste rápido
Documento que reforça o estado de Neuriane Gurgel, acometido de covid-19, confirmado em teste rápido (Foto: REPRODUÇÃO)

 

LEIA TAMBÉM | Famílias alegam falta de informação sobre internados no Leonardo Da Vinci