PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

UFC prorroga suspensão de atividades presenciais até 14 de junho

O novo prazo prorroga a decisão anterior da reitoria, assinada em 30 de abril e que suspendia as atividades presenciais da instituição até o dia 15 de maio

16:35 | 17/05/2020
Fachada da Universidade Federal do Ceará (UFC) (Foto: EVILAZIO BEZERRA/O POVO)
Fachada da Universidade Federal do Ceará (UFC) (Foto: EVILAZIO BEZERRA/O POVO)

A Universidade Federal do Ceará (UFC) prorrogou a suspensão das atividades presenciais acadêmicas e administrativas até o próximo dia 14 de junho, devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus e às medidas de isolamento social em vigor no Estado. A decisão consta na portaria nº 80/2020, assinada pelo reitor Cândido Albuquerque nesse sábado, 16, e é válida para todos os cursos de graduação e pós-graduação.

O novo prazo prorroga a decisão anterior da reitoria, assinada em 30 de abril e que suspendia as atividades presenciais da instituição até o dia 15 de maio. Foram levadas em consideração a Portaria nº 473, de 12 de maio de 2020, do Ministério da Educação (MEC) e o Decreto do Governo do Ceará nº 33.574, de 5 de maio, que suspende atividades não-essenciais e aulas em colégios e universidades.

De acordo com a resolução, estágios supervisionados obrigatórios também seguem suspensos, na sua forma presencial, até 14 de junho, assim como internato em saúde. No período de suspensão, estudantes das Residências Universitárias continuam recebendo alimentação por meio de serviço de entrega.

O Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), a Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC) e a Farmácia-Escola continuam em funcionamento.  Em casos emergenciais também estarão funcionando a Coordenadoria de Perícia e Assistência ao Servidor (CPASE) e a Clínica-Escola de Psicologia, além de atendimento psicológico e assistência social da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE).