PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Fortaleza registra 113 ocorrências e mais de 8 mil veículos abordados desde o início do lockdown

Os dados fazem referência aos registros da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social da Capital até às 11 horas deste sábado, 9

Alan Magno
17:29 | 09/05/2020
Medidas mais rígidas de isolamento entraram em vigor na sexta-feira, 8 (Foto: Divulgação/SSPDS)
Medidas mais rígidas de isolamento entraram em vigor na sexta-feira, 8 (Foto: Divulgação/SSPDS)

Desde às 19 horas de quinta-feira, 7, até às 11 horas deste sábado, 113 ocorrências de descumprimento ao decreto estadual mais rígido foram registradas em Fortaleza. No mesmo período, os pontos de fiscalização de fluxo na Cidade abordaram 8.231 veículos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), todas as pessoas que não apresentaram justificativa para o deslocamento foram orientadas à voltarem para suas respectivas residências. As medidas mais rígidas de isolamento entraram em vigor às 0 hora de sexta-feira, 8.

Pontos de fiscalização de fluxo de pessoas começam a ser implementados em Fortaleza; veja fotos

Das ocorrências registradas, 77 diziam respeito à denúncias de aglomeração de pessoas e 36 de comércios abertos. De acordo com a SSPDS, as medidas assumidas neste primeiro momento são de orientação, a fim de conscientizar as pessoas sobre a importância de manter o isolamento social, em prol de desacelerar a propagação do coronavírus.

Em meio às abordagens feitas pelas forças policiais, cinco pessoas foram encaminhadas para delegacias e autuadas pelo descumprimento do Decreto Estadual nº 33.574 que limita a ocasiões especiais, o fluxo de pessoas e funcionamento de comércios na Cidade. Em uma das ocorrências, houve ainda a apreensão de uma arma de fogo. O artefato foi apreendido em posse de três homens que circulavam em um carro pelo bairro Jangurussu, sem nenhuma justificativa.

Um dos focos de fiscalização na manhã deste sábado, 9, foi o mercado de peixes do Mucuripe e a Orla da Praia de Iracema e Avenida Beira Mar. Na ação, policiais militares em viaturas, e motocicletas, bicicletas e a pé realizaram a dispersão de pessoas que estavam se dirigindo ao mercado e trafegando pelos arredores.

Além disso, segundo informações divulgadas pela Prefeitura de Fortaleza, a fiscalização na região dos bairros Jangurussu e Messejana foi intensificada pela ação de agentes da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis). O objetivo foi impedir a montagem e funcionamento de feiras e comércio ao ar livre nos bairros e assim evitar a aglomeração de pessoas na região.

No primeiro dia de decreto mais rígido em Fortaleza, feira é realizada normalmente no bairro Serrinha

Na quinta-feira, 9, o titular da SSPDS, André Costa, destacou que caso, durante a abordagem seja registrado resistência ou recorrência, os agentes de segurança poderão enquadrarem as pessoas referidas na ocorrência de acordo com artigo 268 do Código Penal Brasileiro. Tal registro que prevê multa e prisão de até um ano por descumprimento de determinação sanitária em prol de impedir a disseminação de alguma doença.