PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Roberto Cláudio: serviços de saúde de Fortaleza estão no "limite da exaustão"

Em pronunciamento nesta quinta-feira, 7, o prefeito da Capital fez apelo por respeito às medidas de isolamento.

Alan Magno
22:44 | 07/05/2020
Roberto Cláudio (Foto: REPRODUÇÃO)
Roberto Cláudio (Foto: REPRODUÇÃO)

Em pronunciamento nesta quinta-feira, 7, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), afirmou que os serviços de saúde da Capital estão “no limite da exaustão” e fez um apelo para que a população respeitasse as medidas de distanciamento social que buscam desacelerar a propagação do coronavírus na região. A fala foi transmitida pelo perfil oficial do chefe do Executivo municipal no Facebook. O tema central da live foi a implementação das medidas mais rígidas de isolamento que entram em vigor a partir de amanhã, 8.

As medidas de reforço e expansão das unidades de atenção primária de saúde em Fortaleza e de ampliação contínua de leitos na rede estadual foram destacadas pelo prefeito como exemplos sólidos do enfrentamento à pandemia implementados no Ceará. Roberto Cláudio, porém, ponderou que apenas tais iniciativas não seriam suficientes para combater a nova doença . “A gente não vai enfrentar a Covid-19 apenas abrindo novos leitos”, frisou.

A colaboração individual de cada indivíduo foi destacada como parte indispensável do enfrentamento à pandemia. “Cada um de nós deve ser um agente de promoção da vida, da saúde”, pediu Roberto Cláudio. Ele afirmou que se as pessoas continuarem desrespeitando as medidas de distanciamento social, todos no Ceará iriam “enfrentar muita dor e grandes perdas”.

Roberto Cláudio prestou luto às famílias que perderam entes queridos em decorrência da infecção por coronavírus e destacou que uma das principais formas de combater a doença era por meio da conscientização da sociedade quanto a seriedade do momento em que vivemos. “Que sejam cumpridas as medidas mais rígidas de isolamento, não por medo de estar indo contra o decreto, mas em respeito às vítimas do coronavírus, em respeito ao próximo”, completou o prefeito.

No Estado, chegou a 903 mortes o número de mortes por Covid-19. São ainda 13.888 casos confirmados do novo coronavírus. Os números foram atualizados na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), às 18h11min desta quinta-feira, 7 de maio (07/05). Foram 1.578 novos casos e 54 mortes contabilizadas a mais que na véspera.