PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Uso de máscaras passa a ser obrigatório no Ceará nessa quarta, 6; saiba onde encontrá-las

Além de lojas ou farmácias, é possível até mesmo realizar a confecção destes itens em casa

19:01 | 05/05/2020
Uso de máscara passa ser obrigatório a partir dessa quarta-feira, 6 (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
Uso de máscara passa ser obrigatório a partir dessa quarta-feira, 6 (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

O uso de máscaras será obrigatório no Ceará a partir dessa quarta-feira, 6, quando a prorrogação do decreto estadual de isolamento entra em vigor. A obrigatoriedade do item foi anunciada nesta terça-feira, 5, pelo governador do Estado, Camilo Santana, e surge como endurecimento das ações de combate ao novo coronavírus. Além das máscaras encontradas em lojas ou farmácias, é possível até mesmo realizar a confecção desses itens em casa.

De acordo com a nova medida do decreto, com validade inicial até o dia 20 deste mês, o uso de máscara é obrigatório em todos os municípios do Estado. Em Fortaleza, estabelecimentos com serviços considerados essenciais devem vetar a entrada de clientes que não estejam usando o item, assim como motoristas de ônibus devem proibir a entrada de usuários que não tenham essa proteção, segundo informações da Prefeitura da Capital.

>>> Físicos testam eficiência de 15 materiais de máscaras contra novo coronavírus

Saiba onde encontrar máscaras

Farmácias ou lojas hospitalares:

Pesquisa realizada pelo O POVO em março deste ano revelou que as máscaras encontradas em algumas farmácias da Capital variam de R$ 8 a R$ 19,90, de acordo com a marca. Na ocasião, as lojas hospitalares eram usadas como alternativas à escassez do utensílio nas farmácias, sendo bastante procuradas por consumidores. Os dois tipos de estabelecimento podem fornecer o utensílio, atendendo a necessidade de segurança.

Empresas com delivery

Muitas lojas e empresas passaram a vender e entregar máscaras por delivery, disponibilizando as redes sociais para que o consumidor possa fazer o pedido. Em uma rápida busca por “máscaras” no Instagram, é possível conhecer lojas próximas a sua residência e verificar a possibilidade do pedido, assim como escolher pela personalização do produto.

Máscaras artesanais

Além de lojas e empresas, costureiras e artesãs estão trabalhando com a confecção e a venda desses itens. Recentemente, a rede Asta lançou uma plataforma de localização dessas profissionais. Por meio do acesso ao site, é possível que o cliente localize as profissionais que atuam próximo a sua residência e entre em contato com elas.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Começamos a mapear as produções de máscaras artesanais pelo país pensando primeiramente em atender as empresas, mas toda a população precisa e esses dados são muito importantes para que todos se protejam. Por isso criamos um mapa em que os usuários podem geolocalizar a artesã mais perto que faz máscaras. Assim, acreditamos que protegeremos mais pessoas, auxiliaremos na diminuição da propagação do vírus, geraremos renda direta para as produtoras e movimentaremos a economia local. Hoje são +350 artesãs cadastradas de 110 Cidades nas 5 regiões do Brasil! Se você precisa de máscara, use nosso localizador de máscara e encontre uma produtora perto de você. Se você produz máscara, se cadastre para ser encontrada por compradores da sua região. Divulgue essa ferramenta para o máximo de pessoas que você conhece!

Uma publicação compartilhada por Rede Asta (@rede_asta) em

Confecção própria

Para quem não quer correr o risco de sair de casa ou não pretende ter custos adicionais com a compra do utensílio, uma alternativa é fazer a própria máscara. Confeccionadas com tecidos específicos (algodão, tricoline e TNT), elas precisam ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. A confecção caseira, no entanto, requer alguns cuidados específicos. O POVO fez uma matéria ensinando como confeccionar e cuidar da sua máscara