PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

TeleSaúde do Estado já recebeu mais de 96 mil chamadas; 25% precisaram buscar atendimento médico

O serviço é gratuito e funciona 24 horas para esclarecimento de dúvidas da população cearense quanto à Covid-19.

Alan Magno
07:58 | 29/04/2020
O serviço é gratuito e funciona 24 horas para esclarecimento de dúvidas da população cearense quanto à Covid-19 (Foto: Camila de Almeida em 16.03.2015)
O serviço é gratuito e funciona 24 horas para esclarecimento de dúvidas da população cearense quanto à Covid-19 (Foto: Camila de Almeida em 16.03.2015)

O TeleSaúde, central de telefonia do governo do Ceará, funciona 24 horas para esclarecimento de dúvidas da população cearense sobre o novo coronavírus. Desde o ínicio de seu funcionamento, no dia 18 de março, o canal já recebeu 96.135 chamadas. Desse total, 25% foram orientados a buscar atendimento médico, o equivalente a cerca de 24 mil pessoas. Para ter acesso ao serviço basta entrar em contato com o número 0800 275 1475.

Quanto ao perfil de quem procura o serviço do TeleSaúde, a Sesa informou que as mulheres são as que mais recorrem ao atendimento. Os homens representam cerca de 38% dos chamados enquanto as mulheres equivalem a 62% dos atendimentos, o equivalente a um total de 59.603 chamadas.

>> Governo do Estado lança canal "Plantão Coronavírus" no WhatsApp

No que diz respeito à faixa etária, o público ficou mais distribuído. No equivalente a 24% das ligações, estão pessoas entre 31 e 40 anos. A faixa etária do grupo de risco para Covid-19, pessoas acima de 60 anos, representava o menor percentual das ligações, com 15%. Pessoas mais jovens, entre os 20 e 30 anos somavam 18% das ligações, sendo o segundo maior percentual. As faixas etárias de 41 a 49 anos e de 51 a 59 anos somam, respectivamente, 17% e 16%.

A central do TeleSaúde conta com 150 canais de atendimento. O serviço de atendimento é supervisionado por uma equipe multiprofissional composta por 26 profissionais, dentre médicos, enfermeiros e fisioterapeutas da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE). Eles orientam e treinam os atendentes sobre as melhores formas de esclarecer as dúvidas da população. De acordo com o Governo Estadual, os atendentes ainda recebem constantes atualizações quanto às recomendações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) e da Organização Mundial da Saúde (OSM).

O fato da Covid-19 ser uma doença nova e por isso, ainda não ser totalmente conhecida pela Ciência, dificulta o trabalho, tornando-o “bastante desafiador”, segundo a enfermeira Bárbarah Rebouças Ela é assessora técnica da ESP do Ceará e participa do treinamento dos atendentes. Apesar dos desafios, ela pondera que o trabalho é “muito gratificante, porque a informação pode ajudar a salvar quem busca o serviço”.

O Governo do Estado destaca que o serviço continua operante, durante todos os dias da semana atendendo durante 24 horas. O objetivo principal é esclarecer as dúvidas da população quanto à Covid-19, evitando pânico. Para ser atendido basta entrar em contato com o número 0800 275 1475.