PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Líderes judeus, cristãos e islâmicos se unem em oração conjunta pelo fim da pandemia

A ação foi chamada de "Oração Global Conjunta" e ocorreu na última quarta-feira, 22, e foi transmitida ao vivo para o mundo todo

Alan Magno
08:17 | 28/04/2020
Líderes judeus, cristãos e islâmicos se unem em oração conjunta pelo fim da pandemia (Foto: Fotos: Jewish News / Reprodução Times of Israel)
Líderes judeus, cristãos e islâmicos se unem em oração conjunta pelo fim da pandemia (Foto: Fotos: Jewish News / Reprodução Times of Israel)

Rabinos-chefe de Israel e líderes religiosos representando o Cristianismo e o Islamismo oraram juntos em Jerusalém na quarta-feira, 22. A ação foi chamada de “Oração Global Conjunta” e ocorreu no terraço do Hotel King David na última quarta-feira, 22, e foi transmitida ao vivo para o mundo todo. O objetivo do evento foi propagar paz e de esperança.

A mensagem principal entoada pelos líderes foi: “Essa nova e terrível realidade tem afetado toda a humanidade, independentemente de religião, gênero e raça. Mas temos fé na solidariedade, e agora apelamos a todos os cidadãos do mundo para que se unam e realizem uma oração conjunta à saúde e à unidade”.

Independente da religião, o apelo era de ajuda, entoado em fraternidade e respeito. Na oração, os participantes ainda condenaram o aumento do número de casos de racismo, xenofobia e outras formas de discriminação em todo o mundo devido a Covid-19, e cobraram união de todos os povos no combate à nova doença.

De acordo com o jornal Times of Israel, dentre as lideranças religiosas que estavam presentes no ato estavam o Patriarca Ortodoxo Grego Theophilos III, o Arcebispo do Patriarca Latino Pierbattista Pizzaballa, Imam Sheikh Gamal el Ubra, e o líder espiritual druso Sheikh Mowafaq Tarif.

Representando o Islamismo, segundo o jornal, estavam o rabino Yitzhak Yosef, Rishon LeZion, rabino-chefe sefardita de Israel e o rabino David Lau, rabino-chefe de Israel e presidente do Grande Tribunal Rabínico.

O evento de união e empatia continua repercutindo mesmo após seu encerramento. Diversas páginas nas redes sociais estão compartilhando o encontro dos líderes e elogiando a iniciativa. Em um dos casos, a publicação já recebeu mais de 53 mil curtidas em menos de 24 horas.

CONFIRA:

 

Clique na imagem para abrir a galeria

 

 

 

 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >