PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Funcionária de supermercado morre baleada após cliente se recusar a usar máscara e brigar com segurança

O cliente se recusou a utilizar máscara de proteção e iniciou uma luta corporal com o segurança do local, que terminou com disparos atingindo a funcionária e o cliente

19:10 | 28/04/2020

Uma mulher, funcionária de uma rede de supermercados de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, morreu após tentar separar uma confusão entre o segurança do local e um cliente que se recusava a utilizar máscara de proteção. Caso aconteceu na tarde desta terça-feira, 28. Informações são do portal G1.

De acordo com a Guarda Municipal de Araucária, o segurança tentou impedir a entrada do homem sem máscara. O cliente se recusou a receber o equipamento e começou uma luta corporal com o funcionário. O consumidor teria tentado alcançar a arma do profissional durante a briga e, em seguida, disparos atingiram a mulher que tentava dispersar a briga. Ela morreu no local.

Outro disparo atingiu de raspão o cliente envolvido. Ele foi encaminhado a uma unidade de saúde de Curitiba. O segurança foi levado à delegacia para prestar depoimento.

De acordo com a Guarda Municipal, o equipamento de proteção é de uso obrigatório no Paraná, devido a decreto estadual sobre a pandemia do novo coronavírus.

Em nota, a Rede de Supermercados Condor lamenta o ocorrido e afirma que está prestando "todo o apoio à família" da vítima. "A empresa também está contribuindo com as investigações e prestando todos os esclarecimentos necessários para que as autoridades esclareçam os fatos.