PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Twitter eliminará publicações que relacionem 5G à Covid-19

A rede social detectou a divulgação de "informação não verificada que incita as pessoas a participarem de atividades prejudiciais"

14:08 | 23/04/2020

A rede social Twitter está eliminando comentários que estimulam uma "atividade prejudicial", em particular, os que convocam a destruição de equipamentos de infraestrutura de redes 5G, com base na teoria conspiratória que relaciona essa tecnologia com as causas do novo coronavírus.

A rede social detectou a divulgação de "informação não verificada que incita as pessoas a participarem de atividades prejudiciais", como a destruição, ou o dano, à infraestrutura crítica de 5G, afirmou a equipe de segurança do Twitter na quarta-feira, 22.

Além disso, acrescenta o microblog, essas atividades também poderiam "provocar pânico generalizado, distúrbios sociais, ou desordem, em larga escala".

Essa medida surge depois de publicações nas redes sociais terem resultado em ataques a torres de 5G em alguns países europeus.

A ação do Twitter é a última de um esforço por parte das plataformas sociais para conter a crescente divulgação de notícias falsas sobre a pandemia da Covid-19.

Em uma publicação em seu blog, o Twitter disse que está refinando sua política para lidar com os últimos incidentes. Os tuítes relacionados com a tecnologia 5G indicam que ela causa coronavírus, outros, que a comida está acabando no planeta, relata a empresa.

A teoria sobre a tecnologia 5G levou o governo britânico a intervir para desacreditar essas informações, que chegaram a ser promovidas inclusive por um apresentador de telejornal da emissora ITV.