PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Élcio Batista: "Engajamento dos servidores nesse momento é fundamental"

O secretário-chefe da Casa Civil garantiu que Governo do Esato não pretende demitir ou reduzir salários dos servidores

Alan Magno
22:28 | 17/04/2020
O secretário garantiu que o governo não pretende demitir ou assumir redução de salários dos servidores (Foto: BÁRBARA MOIRA/ O POVO)
O secretário garantiu que o governo não pretende demitir ou assumir redução de salários dos servidores (Foto: BÁRBARA MOIRA/ O POVO)

O salário dos servidores públicos do Ceará foi garantido pelo secretário-chefe da Casa Civil do Ceará, Élcio Batista, em entrevista exclusiva ao O POVO. Paralelamente, o titular cobrou maior engajamento dos servidores públicos do Estado e afirmou que o papel de tais trabalhadores é fundamental no enfrentamento da crise causada pelo novo coronavírus. Segundo ele, o Governo não vai demitir ou reduzir salários de funcionários públicos estaduais. A resolução foi transformada em lei na tarde desta sexta-feira, 17.

A principal preocupação do Governo Camilo é garantir os empregos, garante Élcio. Dentro desta premissa, o Estado tem assumido ações de proteção para os servidores públicos. “Nós não podemos agravar a crise agora, demitindo em massa”. O secretário afirmou ainda que todas as secretarias do governo estão se esforçando para reduzir gastos e aumentar a qualidade do serviço prestado, mas sem prejudicar os trabalhadores.

Ao comentar sobre os impactos das medidas de isolamento na economia cearense, Élcio destacou que os efeitos negativos estão sendo monitorados constantemente e que o cenário de retomada de crescimento depende do grau de comprometimento com o combate a disseminação da Covid-19. “A parada (do setor produtivo) sendo feita agora e sendo bem feita, facilita uma retomada muito mais veloz”, completou.

O secretário-chefe defende ainda a importância do isolamento social no combate a pandemia do novo coronavírus. Élcio garante que o fechamento do setor produtivo e de serviços não essenciais no Ceará tem sido orientado por especialistas no assunto e seguindo diretrizes internacionais de países que já enfrentaram o pico da nova doença. “O mundo todo não tem tido outra medida que não o isolamento social”, completou.

 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >