PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Contra aglomerações em Fortaleza, fiscalização deve atingir cerca de 20 bairros por dia

O POVO acompanhou ação da PM em agências bancárias nesta quarta-feira, 15

Ítalo Cosme
15:15 | 15/04/2020
Ação da PM para distanciamento social em agências bancárias de Fortaleza
Ação da PM para distanciamento social em agências bancárias de Fortaleza (Foto: Fabio Lima)

Para evitar proliferação da Covid-19, o novo coronavírus, a Prefeitura de Fortaleza espera fiscalizar em média 20 bairros da capital diariamente para evitar aglomerações, além da Beira Mar e Praia do Futuro. Ao todo, existem 121 localidades mapeadas na capital cearense. As ações envolvem o encerramento de feiras livres e o ordenamento de filas no entorno de agências bancárias, lotéricas e agências dos Correios. São alcançados também os pequenos comércios, padarias, supermercados, praças, estabelecimentos abertos irregularmente e encerramento de comércios ambulantes.

Nesta quarta-feira, 15, alguns dos locais já percorridos foram: Centro, Varjota, Meireles, Aldeota, Praia de Iracema, Carlito Pamplona, Pirambu e Barra do Ceará. "A ação contempla todos os bairros, tendo em vista que as equipes estão distribuídas em diferentes áreas e contam com o apoio das patrulhas da Guarda Municipal de Fortaleza e da Polícia Militar quem realizam as rondas por toda a Cidade", destacou em nota a Agência de Fiscalização (Agefis). 

Na manhã de hoje, O POVO acompanhou o trabalho da Polícia Militar do Ceará em agências bancárias. Os policiais organizaram filas e, com megafone, pediram aos clientes dos estabelecimentos para tomar um braço de distância entre as pessoas mais próximas. Uma das preocupações é a quantidade de pessoas presentes para sacar o auxílio emergencial.

“Durante o dia, a gente evidência aglomeração em agências bancárias, lotéricas e afins. A gente está com operação em alguns bancos, principalmente na Caixa Econômica e Bradesco. As intervenções nesses locais são mais agudas”, comentou o coronel do Batalhão do Raio, Márcio Oliveira. Hoje, uma viatura e duas motos abordaram pessoas em agências da Caixa Econômica da avenida Mister Hull e da avenida Francisco Sá.

Ação da PM para distanciamento social em agências bancárias de Fortaleza
Ação da PM para distanciamento social em agências bancárias de Fortaleza (Foto: Fabio Lima)

De acordo com assessoria de comunicação da PM, o trabalho da Polícia Militar se estende às localidades do Mucuripe, Serviluz, Cais do Porto, Cristo Redentor, Barra do Ceará e Vila Velha. Sobre ações em outros pontos, a posição é que "não podemos engessar as operações e fechar os olhos para onde esteja havendo a necessidade de uma intervenção. ”Além dessa fiscalização por parte da Polícia Militar, também continuamos o nosso trabalho de ações preventivas e repressivas no combate à criminalidade para garantir a segurança da população cearense".

O centro comercial de Messejana também recebeu nesta quarta-feira ronda da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis). Conforme o órgão municipal, a patrulha aborda ainda pessoas reunidas e conversando em calçadas. Nessas ações, estão sendo utilizados megafones e carros de som para veicular mensagens.

Em nota, a Agefis afirma que entre a Praia de Iracema e a Beira Mar equipamentos públicos foram isolados com fita zebra. A pasta lista academias ao ar livre, quadras de vôlei e futebol e beach tênis. Outro foco das ações educativas foi o Centro da cidade, no entorno de locais como a Praça da Lagoinha e o Mercado São Sebastião.

Ação da PM para distanciamento social em agências bancárias de Fortaleza
Ação da PM para distanciamento social em agências bancárias de Fortaleza (Foto: Fabio Lima)

A operação é integrada pela Agefis, Guarda Municipal, Defesa Civil, Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania, além da Polícia Militar do Ceará, parceria com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social. A expectativa é que os envolvidos atuem de forma mais independente para conseguir alcançar o maior número de bairros possíveis durante o dia.

Em vídeo, o superintendente da Agefis, Júlio Santos frisou a necessidade da ação para evitar o maior contágio do novo coronavírus. Segundo o gestor, as estratégias estão sendo adaptadas e alteradas em consonância dos cenários encontrados nos bairros da capital. Santos destacou parceria com a Secretaria de Segurança e Defesa Social e aumento do efetivo da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

“Solicitamos consciência da população, no caso da necessidade de sair de casa, para manter o distanciamento social. A cada semana, no caso de desobediência dessas instruções, teremos de tomar medidas mais duras e mais drásticas”, alertou o superintendente. 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >