PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Comitê é criado pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante para combater o novo coronavírus

O objetivo é unir as estratégias de todas as equipes que estão trabalhando para garantir que medidas de enfrentamento sejam eficazes

14:52 | 15/04/2020

O comitê ComVida, que reúne as equipes responsáveis por desenvolver as ações de enfrentamento, foi criado pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante para minimizar o impacto do vírus e garantir que as medidas sejam tomadas de forma conjunta e complementar. E deverá durar enquanto o estado de calamidade pública decretado pelo prefeito Cláudio Pinho se mantiver instaurado no município.

Formado por membros da Secretaria de Governo, Procuradoria Geral, Secretarias da Saúde, Educação, do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), Infraestrutura, Meio Ambiente e do Gabinete do prefeito, o ComVida será coordenado pela Assessoria de Relações Institucionais e reunirá as estratégias planejadas para cada setor. “Todas as ações, mesmo simultâneas, estavam sendo desenvolvidas por cada secretaria. Agora, o comitê gestor tem o intuito de organizar as ações e trabalhar em conjunto. Com isso, a população será ainda mais assistida e beneficiada”, explicou Elder Gurgel, coordenador do comitê.

O município registrou nesta terça-feira, 14, o primeiro caso de Covid-19. Um jovem de 24 anos, que segundo as informações dadas pela prefeitura, permanece em isolamento domiciliar e está em boas condições de saúde, sem apresentar risco de morte. A Secretaria da Saúde está identificando as pessoas com quem o paciente teve contato e orientando para que todos permaneçam em quarentena até a conclusão das investigações.

De acordo com o prefeito Cláudio Pinho, apesar de as medidas adotadas pelo município, mais casos da doença são esperados, e agora o ComVida irá trabalhar para minimizar os impactos e evitar que a doença se espalhe. “Estamos fazendo limpeza e desinfecção de locais públicos; a educação fazendo a distribuição de kits de alimentação, vacinação em domicílio, barreiras sanitárias, lits educativas, entre outras medidas”, destacou.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >