PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Quando ir ao hospital? Saiba quando procurar atendimento no tempo certo

Não existe um dia específico para procurar atendimento mas sim a ocorrência de sintomas mais graves

Júlia Duarte
13:08 | 08/04/2020
Não existe um dia certo para procurar atendimento, mas a urgência após apresentar sintomas mais graves (Foto:  Piero CRUCIATTI / AFP)
Não existe um dia certo para procurar atendimento, mas a urgência após apresentar sintomas mais graves (Foto: Piero CRUCIATTI / AFP)

Com o aumento constante de casos confirmados e mortes em decorrência do coronavírus, ainda há receio sobre procurar atendimento médico. A demora na buscar pode aumentar a mortalidade da doença, segundo afirmou Dr. Cabeto, titular da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) ressalta que não existe um dia específico para procurar atendimento mas sim a ocorrência de sintomas mais graves. Os pacientes precisam ficar alertas e devem ir às UPAs imediatamente nos seguintes quadros:

> Pacientes classificados com Síndrome Gripal (SG): febre de início súbito + tosse + dor de garganta, acompanhadas de pelo menos um dos sintomas: dor de cabeça, dor no corpo ou dor nas articulações.

> Em criança com menos de 2 anos: febre de início súbito + sintomas respiratórios (tosse, coriza e obstrução nasal)

> Pacientes com sinais de alarme: desconforto respiratório, cansaço, (respiração rápida) ou indivíduo com febre acompanhada de tosse ou dor de garganta e que apresenta falta de ar.

A febre, isoladamente, mesmo alta, em pessoa sem fator de risco não deve ser considerada sinal de gravidade, se não vier acompanhada desses outros sintomas.

Se forem leves, o recomendado é permanecer em casa e repousar, além da ingestão de líquidos e de alimentar bem equilibrada.

Informativo da Sesa sobre atendimento médico em tempo de Covid-19
Informativo da Sesa sobre atendimento médico em tempo de Covid-19 (Foto: REPRODUÇÃO)

Sintomas de outras doenças

Quem estiver sentindo outras sintomas, decorrentes de patologias diferentes, também não deve hesitar em buscar atendimento médico imediatamente, após apresentação de sintomas graves. A Secretaria Municipal afirma que todas as unidades estão funcionando normalmente, assim como as consultas. A recomendação é que a população prefira ir ao posto de saúde, do que às UPAs, que estão sendo indicadas para pacientes com sintomas da Covid-19. Mesmo assim, as unidades também estão realizando o atendimento de pessoas com outros sintomas.

É recomendado também, assim como para a exposição em outros locais externos, o uso de máscaras e a manutenção da distancia entre as pessoas.

Em caso de dúvidas, o Ministério da Saúde disponibiliza o telefone 136 e o Governo do Ceará atende pelo 0800 275 1475, por onde é possível ter orientação médica.

Na rede privada, a Unimed disponibiliza um telefone para dúvidas cotidianas, como sinais e sintomas de outras doenças, como também medicamentos já prescritos, Unimed Fone (0800-723-3333). O serviço conta com orientação e apoio médico 24h, por um acréscimo mensal. O Hapvida foi procurado, mas preferiu não informar se realiza o mesmo atendimento.