PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Prefeitura de Fortaleza lança programa para produção de 2,5 milhões de máscaras de tecido

Costureiras e costureiros terão apoio para confecção do material recomendado para evitar a disseminação do coronavírus

16:16 | 04/04/2020
Uso de máscaras, mesmo as caseiras, passou a ser recomendado por especialistas (Foto: Sandro Valentim)
Uso de máscaras, mesmo as caseiras, passou a ser recomendado por especialistas (Foto: Sandro Valentim)

A Prefeitura de Fortaleza lançou nessa sexta-feira, 3, o programa “Todos com Máscara”, que tem o objetivo de produzir 2,5 milhões de máscaras de tecido reutilizáveis para distribuir entre a população. O projeto será feito em parceria com microempresas e pequenas costureiras que deverão se inscrever para participar através do edital que será lançado até o dia 15 de abril. Serão 300 vagas individuais e 24 para pequenas empresas.

Samuel Dias, secretário de Governo de Fortaleza ressalta que apesar de as máscaras serem uma medida preventiva, elas não impedem a contaminação do vírus. “O mais importante desse programa é a população entender que a máscara vai ajudar a diminuir o contágio, mas ela não é o mecanismo de proteção ideal. É importante que as pessoas fiquem em casa, obedeçam as recomendações para que não se propague o vírus”.

>> Mudança de estratégia no uso de máscaras contra coronavírus recomenda uso generalizado

As máscaras produzidas serão distribuídas entre os serviços ambulatoriais, como agentes comunitários de saúde e postos de saúde. O anúncio foi feito pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT), em pronunciamento nas redes sociais na última sexta-feira, 3. O gestor disse que, além do suporte à saúde pública, a medida deve auxiliar na garantia de renda a empreendedores mais vulneráveis.

“A máscara é em último caso quando a pessoa tiver que ir ao supermercado ou a uma farmácia. Ela é lavável e não é descartável”, explica Samuel Dias.

Com informações do repórter Ítalo Cosme