PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Para evitar saques durante a quarentena, Centro Fashion contrata mais seguranças

Centro comercial garante segurança das mercadorias guardadas no local, enquanto permissionários reclamam da taxa de manutenção cobrada

Victor Hugo Pinheiro
15:40 | 01/04/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL,  07-12-2019: Movimentação do trânsito e de clientes na frente do Shopping Centro Fashion.  (Alex Gomes/O Povo) (Foto: ALEX GOMES/Especial para O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 07-12-2019: Movimentação do trânsito e de clientes na frente do Shopping Centro Fashion. (Alex Gomes/O Povo) (Foto: ALEX GOMES/Especial para O POVO)

Visando evitar tentativa de saques, o Centro Fashion reforçou a segurança do local em 10% durante a quarentena. Com as atividades suspensas desde o dia 19 de março - quando o governador Camilo Santana decretou o fechamento de estabelecimentos não essenciais -, o centro comercial concedeu um desconto nas taxas cobradas aos permissionários, porém, está utilizando o valor pago para contratar mais seguranças e garantir que não aconteça nenhum dano no prédio.

O POVO apurou que o Centro Fashion está cobrando uma taxa mínima aos permissionários, enquanto o local estiver fechado. O valor da taxa manutenção já possui um desconto de 40% - independentemente de estar aberto ou não. Por conta das atividades suspensas, o centro comercial resolveu reduzir os valores em até 70%, pois entende a necessidade de flexibilizar o preço aos permissionários, que não estão podendo abrir seu estabelecimento.

O centro comercial também informou que as taxas referentes ao pagamento do aluguel foram suspensas durante a quarentena. Por exemplo, em um box menor, no setor amarelo, o valor pago pelos permissionários é de R$ 20. Já em box maior, o valor é mais alto, pois também depende da localização no centro comercial. Um outro exemplo informado foi o do setor azul, onde estabelecimentos que detém maior espaço físico estão pagando R$ 50.

Também foi apurado que alguns permissionários não estão de acordo com as taxas. Afinal, como o centro comercial está fechado, eles não acham justo ter que pagar pelo local sem estarem trabalhando, e consequentemente, com o faturamento mensal comprometido. Os lojistas defendem a não cobrança de taxas durante o período de isolamento social.

Veja a nota emitida pelo Centro Fashion aos permissionários

Diante do atual cenário delicado para o comércio local, devido o surto de Covid-19, o Centro Fashion Fortaleza está com as atividades suspensas desde o dia 20/03, aguardando orientações das autoridades estaduais para reabertura. Dessa forma, a administração do empreendimento decidiu que os permissionários ficam isentos de pagar o valor referente ao aluguel dos boxes e lojas durante todo o período de fechamento. Será cobrada somente uma taxa mínima referente aos custos de manutenção do equipamento fechado como, por exemplo, o reforço da segurança, a fim de garantir a integridade de toda a mercadoria lá guardada.