PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Profissionais da saúde no Ceará vão receber mais 1 milhão de equipamentos de proteção

Estado recebe até esta quinta-feira, 2, terceira remessa entregue pelo Ministério da Saúde no País

18:07 | 31/03/2020
O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta  durante coletiva de Imprensa. (Foto Isac Nóbrega/PR) (Foto: Isac Nóbrega/PR)
O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta durante coletiva de Imprensa. (Foto Isac Nóbrega/PR) (Foto: Isac Nóbrega/PR)

Profissionais da Saúde no Ceará devem receber, até esta quinta-feira, 2, mais de 1 milhão de equipamentos de proteção (EPIs) para atuarem no combate ao novo coronavírus, a covid-19. De acordo com informações do Ministério da Saúde (MS), essa será a terceira remessa entregue pelo órgão para estados brasileiros. Ceará, assim como outros estados do Nordeste e do Norte, não haviam recebido insumos nas primeiras duas levas.

Segundo o MS, o material foi adquirido por meio de cinco editais de compra emergencial publicados no Diário Oficial da União (DOU) e já havia sido distribuído em alguns estados brasileiros. A terceira e última remessa, que se refere a 38 milhões de itens, atende ao Norte e a e Nordeste, sendo distribuída com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB). Entre os materiais repassados estão toucas hospitalares e sapatilhas, luvas para procedimentos não cirúrgicos e máscaras cirúrgicas.

A Pasta informou ainda a compra de mais materiais de proteção, com insumos adquiridos no Exterior incluídos. Os itens, que devem chegar até o dia 30 de abril, contam com 200 milhões de máscaras cirúrgicas, 40 milhões de máscaras N95, 1 milhão de frascos de álcool 500 ml, 1 milhão de frascos de álcool 100 ml, entre outros.

Na última terça-feira, 24, o Sindicato dos Médicos Cearenses (Sindmedce) havia denunciado a escassez de EPis no serviço de saúde do Estado e alertado quanto à ausência de orientações claras sobre a atuação dos médicos no Ceará. O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, chegou a informar, no dia 22, que MS havia garantido em reunião a distribuição de equipamentos para Fortaleza. /link para sindicato

No Ceará, até esta terça-feira, 29, o número de casos confirmados da covid-19 chegava a 390, de acordo com informações do Ministério da Saúde. Número de mortes no Estado em decorrência da patologia chegou a 7.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >