PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Polícia Civil: atendimento presencial em delegacias se restringe a flagrantes e TCOs

Demais circunstância devem ser tratadas de forma online. Dentre os Boletins Eletrônicos de Ocorrência (BEOs) possíveis para registro virtual estão crimes no âmbito da violência domiciliar, ameaça, violação de domicílio, calúnia, difamação e dano

Jéssika Sisnando
16:12 | 31/03/2020
Atendimento presencial da Polícia Civil se restringe a flagrantes e TCOs (Foto: EVILÁZIO BEZERRA. 21/09/2016)
Atendimento presencial da Polícia Civil se restringe a flagrantes e TCOs (Foto: EVILÁZIO BEZERRA. 21/09/2016)

Para reduzir aglomerações, as delegacias da Polícia Civil estão atendendo de forma presencial exclusivamente em casos de Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) e procedimentos em flagrante.

Já no caso de Boletins de Ocorrência (BOs), as delegacias eletrônicas atendem por meio do site até 18 tipos de ocorrências. Entre elas, extravios, furtos, roubos, ameaças, desaparecimento de pessoas, maus-tratos contra animais, violação de domicílio etc.

De acordo com o site da Câmara Municipal de Fortaleza, ainda é possível registrar virtualmente Boletins Eletrônicos de Ocorrência (BEOs) para crimes no âmbito da violência domiciliar, crimes de ameaça, violação de domicílio, calúnia, difamação e dano.

Ainda confirme o site da Câmara, o vereador Paulo Martins (PRTB) comentou que a medida protege a sociedade e os profissionais de segurança pública. É necessário, segundo o parlamentar, que as pessoas evitem meios de transporte, comércios e delegacias. Na falta de computador ou smartphone, elas devem procurar um vizinho para acessar a Internet e imprimir boletins.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >