PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Internações por coronavírus no Ceará crescem 36% em 24 horas; maior índice é em enfermarias

O boletim da Sesa informa ainda que 27 pacientes tiveram alta hospitalar durante um período acumulado de 96 horas.

Matheus Facundo
22:39 | 31/03/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 30-03-2020: Fachada do novo Hospital Leonardo da Vinci, comprado pelo Governo do Estado para atender casos do COVID-19, na Rua Rocha Lima no Bairro Centro. (Foto: Aurelio Alves/O POVO) (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 30-03-2020: Fachada do novo Hospital Leonardo da Vinci, comprado pelo Governo do Estado para atender casos do COVID-19, na Rua Rocha Lima no Bairro Centro. (Foto: Aurelio Alves/O POVO) (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

O número de pacientes internados com coronavírus no Ceará cresceu de 33 para 45 pessoas nas últimas 24 horas, de acordo com o informe epidemiológico diário da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). O aumento representa índice de 36% nas hospitalizações. Nesta terça-feira, 31, os casos confirmados chegaram a 401 e as mortes pela covid-19 foram a sete em todo o Estado.

Destas pessoas, 23 estão internadas em leitos de enfermaria e 22 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). O maior incremento de um dia para outro foi na ocupação das enfermarias. Eram 14 internados nessa segunda-feira, 30, incremento de 64,3%. Os casos em UTI subiram de 14 para 22.

O Hospital Leonardo da Vinci, unidade particular sob administração da Sesa durante a pandemia, abriga parte destes pacientes em enfermaria. Ao todo, segundo o governador do Estado, Camilo Santana (PT), divulgou em live no Facebook nesta terça-feira, 31, o hospital tem 40 dos 230 leitos (entre UTI e enfermaria) ocupados.

O boletim da Sesa informa ainda que 27 pacientes já tiveram alta hospitalar, durante um período acumulado de 96 horas.

Incidência e perfil de casos

Dos 401 casos confirmados, 237 são pessoas na faixa etária entre 20 e 49 anos, representando 59,1% do total. A maior incidência de confirmações, porém, é em pessoas com entre 50 a 69 anos. São 11,8 casos por 100 mil para os homens e 7,9 casos por 100 mil entre as mulheres. Duas crianças entre 1 e 9 anos estão infectadas, enquanto na faixa etária de 10 a 19 anos, quatro testaram positivos.

A principal sintomatologia dos casos confirmados foi febre e tosse, seguida por coriza, dor de garganta e cefaleia. 46 casos possuíam doença cardiovascular, como hipertensão, 24 tinham diabetes, oito tinham doença pulmonar crônica e 5 eram imunodeficientes. 

Das setes pessoas mortas em decorrência do novo coronavírus no Estado, seis possuíam doenças crônica pré-existente. Nesta terça-feira, 31, entrou no informe diário da Sesa a morte de um homem de 45 anos sem doenças crônicas pré-existentes.

Teste

Laboratórios de testagem para o coronavírus no Ceará já fizeram 5.218 exames de amostras de paciente suspeitos, de acordo com a Sesa. Destes, 1.959 aguardam o resultado. 401 já foram confirmados, enquanto 2.847 foram descartados, conforme última atualização nesta terça-feira, 31. Comparado às últimas 24 horas, 149 suspeitas foram descartadas.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >