PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Coronavírus: Bancos e lotéricas de Fortaleza terão marcação definindo distância minima entre pessoas na fila

De acordo com o prefeito Roberto Cláudio, AMC e Guarda Municipal farão os resguardo dos locais e darão orientações aos clientes

Matheus Facundo
22:34 | 31/03/2020
Movimentação em em casa lotérica no Conjunto São Cristóvão (Foto: Fabio Lima)
Movimentação em em casa lotérica no Conjunto São Cristóvão (Foto: Fabio Lima)

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou durante transmissão ao vivo em seu Facebook na noite desta terça-feira, 31, que a partir de amanhã, quarta-feira, 1º de abril, agências bancárias e casas lotéricas de Fortaleza contarão com marcação de cal no chão, separando pessoas pela distância mínima recomendada como prevenção ao surto do novo coronavírus. A ação é realizada por meio da Secretaria Municipal da Conservação e dos Serviços Públicos (SCSP) e contará com apoio ainda da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC).

Conforme o prefeito, os órgãos irão resguardar o entorno dos principais estabelecimentos e dar orientações de prevenção aos clientes, neste início de mês. A conduta será adotada para impedir aglomerações nos locais, medida de prevenção ao contágio pela Covid-19, que já conta com 401 casos confirmados e sete mortes no Ceará.

+ Bancários discutem medidas para período de maior demanda, com pagamento de salários e aposentadorias

"Nesses últimos dias passamos a ver muitas filas em bancos e lotéricas em virtude das contas do fim do mês, onde parte da população já recebeu seus salários e benefícios. Mobilizamos a AMC e a GMF para evitar desnecessárias aglomerações porque muita gente ainda não usa banco digital e faz uso da presença física no banco", pontuou RC. 

Entrega antecipada de UPAs

Roberto Cláudio informou ainda que o prazo para a entrega do projeto de extensão de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) foi antecipado para o próximo dia 15 de abril. Antes, as obras ficariam prontas somente no fim do próximo mês. Ao todo, serão 140 novos leitos anexados às UPAs do Itaperi, Jangurussu, Edson Queiroz, Vila Velha e Bom Jardim. "São 140 leitos a mais para aumentar nossa capacidade de atendimento e resolução para o coronavírus e para outras doenças", pontuou o prefeito.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >