PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Morte de preso no Ceará será investigada como suspeita de Covid-19

George Ivan Dionísio da Silva faleceu após complicações respiratórias, um dos sintomas da Covid-19

Catalina Leite
13:10 | 26/03/2020

Um interno da Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL 4), em Itaitinga (CE), morreu após complicações respiratórias em uma Unidade de Pronto Atendimento em Horizonte. A data e hora do óbito de George Ivan Dionísio da Silva não foram divulgadaa, mas a causa abre suspeita para Covid-19.

Para sanar a dúvida, a juíza Luciana Teixeira, da Corregedoria dos Presídios e Estabelecimentos Penitenciários da Comarca de Fortaleza, decidiu que a morte do detento deve ser investigada. A decisão foi emitida nessa quarta-feira, 25. O objetivo é poder seguir os protocolos de testagem rápida e prevenção nos outros internos do CPPL 4.

Ao O POVO, a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) afirma que deu entrada no corpo de George Ivan na segunda-feira, 23, e que os exames periciais já foram concluídos. “O laudo pericial sobre a causa da morte será encaminhado para a Delegacia Metropolitana do Eusébio, no prazo legal”, garante.

Já a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) afirma, em nota, que não existem casos suspeitos ou confirmados de coronavírus nos presídios cearenses, mas que medidas para evitar aglomerações e garantir a saúde de internos e funcionários estão sendo tomadas.

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) afirma ao O POVO que “não foi notificada e não registra óbito por Covid-19 de pessoa em situação carcerária”.

Com informações do repórter Alan Magno