PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Metade da frota de transporte público é cortada em Fortaleza

Circulação de ônibus na Capital funciona em intervalo semelhante a de fins de semana e feriados. Demanda foi reduzida diante do quadro de isolamento social decorrente da pandemia de coronavírus

16:04 | 23/03/2020
Ônibus estão rodando com menos gente desde o decreto do Governo do Estado  (Foto: Thaís Mesquita)
Ônibus estão rodando com menos gente desde o decreto do Governo do Estado (Foto: Thaís Mesquita)

O transporte coletivo na Capital teve 50% da frota suprimida nesta segunda-feira, 23, de acordo com a Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP). Assim, os ônibus circulam em intervalos parecidos com os de domingos e feriados

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informou monitorar a demanda nos terminais e que acrescentou 70 ônibus para atender ao público, principalmente nos terminais do Siqueira e Parangaba, os mais movimentados.

Os órgãos municipais contabilizam “demanda baixíssima” neste início de semana e fiscalizam para que os ônibus circulem sem lotação.

No período da tarde e noite, a Etufor aponta que reforçará o terminal do Papicu, sempre adequando os tipos de veículos para que ofereçam maior espaço aos usuários.

“A Etufor adequou os tipos de veículos para que ofereçam maior espaço aos usuários, utilizando os ônibus grandes, do tipo pesado, mesmo nas linhas que utilizam micro-ônibus. Vale destacar que diariamente está sendo analisada a curva de demanda dos usuários para estabelecer o efetivo da frota de coletivos nas ruas”, completa a nota.

Na última sexta-feira, a frota tinha redução de 20 a 25%, conforme o titular da SCSP, João Pupo. 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >