PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Camilo divulga medidas para semana decisiva no Ceará

| combate ao coronavírus | Entre as ações estão isenção de conta de água para famílias de baixa renda, inspeção de passageiros no aeroporto e um edital de cultura para programação on line

Filipe Pereira
00:00 | 23/03/2020

O governador Camilo Santana divulgou neste domingo mais ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19). Em transmissão ao vivo no Facebook, ele reforçou que o Estado é o quarto com mais casos em todo o Brasil e que essa semana será decisiva para o combate à doença. Caso contrário, os impactos serão maiores.

A partir desta segunda-feira, 23, os passageiros de voos internacionais e nacionais no Aeroporto de Fortaleza vão passar por uma inspeção capaz de detectar sintomas relacionados à infecção pelo novo coronavírus. Durante a live, Camilo informou que a ação acontece graças a liberação da Justiça e parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

"Hoje o Ceará é um dos quatro estados com mais casos, por isso é fundamental esse controle no aeroporto para identificar um volume maior de pessoas com coronavírus" afirmou. Para a análise, as equipes da Secretaria da Saúde de Fortaleza estarão utilizando pistolas térmicas capazes de identificar sintomas nos passageiros. O recursos já estão sendo utilizados por outros países para identificar pessoas com a temperatura mais alta.

O governador Camilo Santana (PT) anunciou ainda, na tarde deste domingo, 22, isenção da tarifa de água e esgoto a todas as famílias cearenses de padrão básico (consumo até 10 m³), que pagam tarifa social e popular da Cagece. A medida valerá por 90 dias, de abril a junho. Serão beneficiadas 338 mil famílias.

Camilo também informou que está estudando adotar medidas com o serviço de energia elétrica Enel, e anunciou a suspensão da cobrança da tarifa de contingência em Fortaleza e Região Metropolitana dos domicílios de padrão básico e regular da Cagece. São beneficiados, neste caso, 220 mil domicílios. A medida também é válida por 90 dias.

De acordo com governador, as medidas foram tomadas para beneficiar moradores que precisam ficar em casa devido ao decreto anunciado, na última quinta-feira, 19, que estabeleceu, entre outros pontos, fechamento de serviços considerados "não essenciais", como forma de evitar aglomerações e não ocasionar na disseminação do novo coronavírus no Estado.

A partir de hoje, também está aberto do edital "Cultura Dendicasa". O projeto visa incentivar, por meio de programação artística nos meios digitais, a permanência da população em casa durante o decreto de quarentena no Ceará para enfrentamento ao novo coronavírus.

Segundo Camilo, a iniciativa auxiliará a classe artística durante a paralisação das atividades no Ceará. "Queremos criar programação para quem está em casa e garantir remuneração para esses artistas, para que possam ter alguma renda. É uma inovação", afirma. A programação digital poderá ser conferida nas redes sociais e no site oficial do governo.

A iniciativa é resultado do abaixo-assinado enviado por trabalhadores da cultura do Ceará solicitando ações emergenciais e imediatas para conter consequências econômicas do novo coronavírus. A carta também foi enviada aos secretários da Cultura estadual e municipal, Fabiano Piúba (Secult) e Gilvan Paiva (Secultfor).