PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

É falso que idosos que não cumprirem quarentena ficarão sem aposentadoria

As imagens e as regras divulgadas foram checadas e confirmadas que não se adequam à realidade atual

15:08 | 20/03/2020
Imagem que circula em grupos de WhatsApp: informações falsas (Foto: reprodução)
Imagem que circula em grupos de WhatsApp: informações falsas (Foto: reprodução)

O texto que circula nas redes sociais sobre a suspensão das aposentadorias de idosos que não cumprirem a quarentena do novo coronavírus (Covid-19) é falso. A mensagem também afirma que seus filhos e netos maiores de idade serão multados em R$ 1.045. A Agência Lupa, especializada na técnica de checagem jornalística, apurou que a mensagem é de fevereiro e não tem relação com a pandemia enfrentada atualmente.

A MP nº 922/2020, citada na redação, foi utilizada para facilitar a contratação temporária de servidores aposentados pela União e reduzir a fila de espera de aposentadorias via o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). E não passou por adequações para o enfrentamento do coronavírus.

“A medida provisória poderia ser utilizada em uma pandemia, mas, para que o governo amplie o seu quadro de funcionários rapidamente – não há quaisquer punições previstas no texto para idosos nas ruas ou seus familiares, como a suspensão de aposentadorias e a multa de R$ 1.045 citadas na publicação que circula em redes sociais. A MP nº 922 ainda precisa ser analisada pelo Congresso Nacional e vem enfrentando forte resistência por flexibilizar as contratações, entre outras determinações. Com isso, serviria como uma prévia da reforma administrativa prometida pelo governo”, diz a Agência Lupa.

Veja mais em: ttps://piaui.folha.uol.com.br/lupa/2020/03/20/verificamos-idosos-desrespeitarem-isolamento-covid-19-aposentadoria-suspensa/