PUBLICIDADE
Jornal
TECNOSFERA

MP da Bahia notifica Google e WhatsApp após denúncias sobre imagens da boneca "Momo" em redes sociais

A personagem voltou aos noticiários após denúncias de que imagens suas estariam sendo veiculadas em vídeos infantis na plataforma YouTube Kids, o que foi negado pela plataforma

18/03/2019 17:00:59
(Foto: Reprodução/Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook) (Foto: (Foto: Reprodução/Facebook))

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) notificou o Google e o WhatsApp sobre o uso indevido da personagem "Momo" das redes sociais. No último sábado 16, o órgão divulgou através do seu site que instaurou um procedimento para apurar fatos relacionados à veiculação de vídeos com a boneca em redes sociais. A personagem voltou aos noticiários após denúncias de que imagens suas estariam sendo veiculadas em vídeos infantis na plataforma YouTube Kids com o intuito de orientar crianças a cometerem suicídio.

No entanto, o YouTube se defendeu em nota e afirmou: "Depois de muita análise, não vimos nenhuma evidência recente de vídeos promovendo o Desafio Momo no YouTube", esclarece a empresa em comunicado.

Junto com a notificação enviada pelo MP-BA, o Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber) solicitou a remoção de qualquer tipo de vídeo que tenha relação com esse conteúdo.

Momo

A escultura da boneca foi criada em 2016 pelo artista japonês Keisuke Aiso, sendo batizada de "Mother Bird" (mãe dos pássaros). Logo, a imagem chamou a atenção e viralizou nas redes sociais, tornando-se lenda urbana e passando a ser utilizada por diversos usuários para os mais variados fins. O principal deles é amedrontar pessoas através de correntes. 

As informações sobre o uso da imagem da personagem são desencontradas. As primeiras surgiram ainda no ano passado quando usuários do WhatsApp de todas partes do mundo revelaram que perfis com a foto da boneca estariam propondo jogos e enviando conteúdos violentos.

Confira a nota do YouTube na integra:

"Muitos de vocês compartilharam suas preocupações conosco nos últimos dias sobre o Desafio Momo - prestamos muita atenção nisso. Depois de muita análise, não vimos nenhuma evidência recente de vídeos promovendo o Desafio Momo no YouTube. Vídeos incentivando desafios prejudiciais e perigosos são claramente contra nossas políticas, incluindo o desafio Momo. Apesar dos relatos da imprensa sobre esse desafio, não tivemos links recentes sinalizados ou compartilhados conosco do YouTube que violem nossas Diretrizes da comunidade.

É importante notar que permitimos que os criadores discutam, denunciem ou instruam as pessoas sobre o desafio / personagem Momo no YouTube. Vimos capturas de tela de vídeos e / ou miniaturas com eles [...] Essa imagem não é permitida na aplicação YouTube Kids e disponibilizamos garantias para a excluir do conteúdo no YouTube Kids."

O Povo