PUBLICIDADE

Jornal do Leitor: Pandemia de forma lúdica

01:30 | 31/03/2020

Se permita imaginar que cada país é uma pessoa e que o coronavírus seja uma gripe. Uma pessoa gripada deve, por recomendações médicas, se isolar das demais, tanto para não contaminar as outras quanto para que descanse e se recupere o mais rápido possível.

Essa pessoa tinha uma rotina e afazeres cotidianos, mas precisa parar pelo próprio bem e o de todos. Ela morrerá por isso? De forma alguma, o cérebro continua funcionado a todo o vapor e em um país alguns profissionais como jornalistas, médicos e policiais não param, semelhante ao cérebro nessa comparação.

Consegue entender? Somos um corpo e nesse momento estamos doentes, mas não paramos, nosso organismo continua funcionando e o melhor que podemos fazer é nos cuidar para que o quanto antes possamos voltar a produzir. Fique em casa. n

 

Luan Diones

TAGS