PUBLICIDADE

Jornal do Leitor: Privilégios

01:30 | 04/02/2020

É notória a falta de empatia e descaso com a comunidade negra nas grandes premiações, como o Grammy Awards e o Oscar, por exemplo. No primeiro, historicamente, apenas 11 artistas negros conquistaram o tão cobiçado gramofone na categoria de Álbum do Ano, a principal da premiação. Na ganhou as principais categorias da noite, incluindo Música e Gravação do Ano, com apenas 18 anos de idade. Por sua vez, artistas como Beyoncé, que tem 38 anos e ganhou o status de "Artista do Milênio" pela Billboard, nunca ganhou o prêmio de Álbum do Ano, tendo entregado em seus últimos trabalhos umas das obras mais aclamadas da história da música. Com isso, vale destacar sobre o quanto o privilégio de pessoas de pele clara é decisivo para a sua autopromoção, seja no âmbito da música, do cinema e em vários outros segmentos da sociedade até os dias atuais. E a pergunta que não quer calar é a seguinte: até quando os artistas negros serão negligenciados pela indústria do entretenimento?

 

Davi Holanda Lima

TAGS