PUBLICIDADE

Jornal do Leitor: Quem diria

01:30 | 07/01/2020

Quem diria que um abraço pararia

O tempo lá fora

Nada além da nossa respiração

Éramos dois, mas num só coração

Quem diria que um beijo traria

O motivo da saudade

Reiniciada

Éramos dois, mas tornamo-nos num só (Metades)

Quem diria que um entrelaçar de mãos tornaria

O refúgio dessa alma aflita

A calmaria desse ser que antes temia

Pelo pior

Ao menos perguntou

Apenas segurou

Éramos dois, mas numa só sintonia

Quem diria que uma palavra deixaria

Um sorriso largo

O coração acelerado

Retribuindo em meio ao embargo

Esquecendo por um instante o passado

Quem diria que um olhar seria

O motivo de admirar tanto

Guardando cada detalhe

Como se fosse o último

Quem diria que minha alegria

Seria o seu bom dia

Uma ligação, uma poesia

Quem diria que tu farias parte de minha vida?!

 

Dalila Souza Sales

TAGS