PUBLICIDADE

Jornal do Leitor: Mútuo

01:30 | 03/12/2019

A verdade é que

A gente finge demais...

Finge que sente muito

Ou que não sente,

Mas no final a gente sempre tá sentindo,

Sempre tá fingindo

E percebo que meu eu no singular,

Finalmente se encaixou no nosso plural

Uma vez que o primeiro sentimento mútuo que tu decide compartilhar,

Nunca poderia ser amor, nem poderia ser real...

Foi falsidade

E só então descobri

Que vivo aqui

Nesse mundo feito de papel,

Simulam confiar, conhecer, encantar-se,

Simulam sinceridade

Esse mundinho que frágil

Que quando molha, rasga

Sobrepujado é quem for real

Porque, aqui, sentimentos não podem ser sentidos

Podem ser fingidos, tingidos de rosa e azul

E você aprendeu perfeitamente como se encaixar nessa sociedade de papel...

 

Maria Zilma Rodrigues

TAGS