PUBLICIDADE

Jerônimo Nobre Neto: O poder da imagem

01:30 | 22/10/2019

A escrita através da luz como uma forma de materializar uma representação imagética da realidade, ou simplesmente fotografia é um registro de um tempo, um espaço e uma condição de sociedade; fotografar para recordar, registrar, torna-se o passado mais próximo do presente, sendo a fotografia a resistência de um tempo. Fotografar é um ato político, independente da ação ou objeto, no momento que o fotógrafo constrói um enquadramento da cena e enfoca os objetos que lhe interessam, essa escolha (in)visibiliza certas histórias e construções mundo. A necessidade de produzir imagens faz o ser humano sentir-se pertencente a um grupo social por um recorte da realidade. A fotografia como arte transfigura esses elementos, questionando signos de uma cultura. Talvez a fotografia não tivesse um papel tão importante para a revolução da imagem se ela não fosse capaz de representar a realidade e mostrar outras percepções e pontos vista divergentes de uma verdade dita como absoluta

Jerônimo Nobre Neto