PUBLICIDADE

Na cozinha com as crianças

01:30 | 14/07/2019
Photo of foodstuffs on the table
Photo of foodstuffs on the table

Em tempos de dispositivos eletrônicos de todos os modelos e tamanhos, videogames caríssimos, crianças e adolescentes extremamente conectados num mundo virtual e desconectados dos contatos e experiências reais, chegamos a julho, mês de férias escolares, e esta coluna traz hoje uma dica de como direcionar o olhar dos pequenos para uma experiência sensorial que pode ser muito divertida e saborosa. Que tal convidar as crianças para adentrar o mágico e aromático mundo da cozinha?

Para além dessa conectividade virtual, temos também nos dias de hoje, talvez por praticidade, talvez por falta de tempo, consumido produtos cada vez mais processados e industrializados. Muitas crianças nunca viram como faz um bolo, um biscoito, um sorvete, muito menos participaram do processo de feitura. E acredite, eles podem até resistir no começo, mas ao longo do processo eles vão adorar. Fabricar seu próprio alimento do zero, desde a separação dos ingredientes à espera do preparo esfriar antes de se deliciar, acaba por se tornar um momento não só educativo como de reativar laços de afeto em torno do ambiente mais acolhedor de uma casa: a cozinha.

Se a dúvida agora paira sobre que preparos decidir compartilhar com os pequenos, a minha dica é: sigamos nossa memória afetiva infantil e nos coloquemos no lugar deles. O que nossa mãe, nossas avós, nossas tias fariam? O que era a cara das nossas férias enquanto criança? No meu caso, bruaca, Delícia de abacaxi, dindins de todos os sabores possíveis, pizza caseira (minha mãe comprava os disco e a gente já acha o máximo poder escolher nossos sabores), bolo de chocolate, sorvete de goiaba e abacate e muitos outros sabores. Uma linda ideia é pedir dicas para as avós e tias, chame-as para esse momento, elas têm tanto a dizer, contar, ensinar. Não existe nada mais bonito e afetivo do que uma cozinha cheia sabores maternos e histórias em torno das receitas.

Hora então de sugerir às crianças para guardar temporariamente os tablets e celulares numa caixinha em modo silencioso e abrirmos antigos cadernos de receitas para um momento delicioso e divertido em família. Desejo tardes com cheiro de bolo quentinho e café fresco nessas férias de julho.

Brownie é fácil e as crianças adoram
Brownie é fácil e as crianças adoram

RECEITA Brownie clássico

Ingredientes:

6 col. de sopa de manteiga sem sal (85g)

180g de chocolate meio-amargo

1/4 xícara de cacau em pó (ou chocolate em pó)

3/4 xícara de farinha de trigo

1/4 col. de chá de fermento em pó

1/4 col. de chá de sal

1 xícara de açúcar

2 ovos grandes

2 col. de chá de essência de baunilha

50g de castanhas (opcional)

Preparo:

Pré-aqueça o forno a 170° C. Forre uma fôrma quadrada (de 20cm) com papel alumínio ou vegetal, deixando uma borda de 2 dedos de fora da fôrma. Unte o papel com manteiga, exceto a parte de fora, e reserve. Coloque a manteiga, o chocolate picado e o cacau em uma tigela, ponha em banho-maria e mexa até o chocolate e a manteiga estarem derretidos (ou derreta no microondas em potência média). Numa outra tigela, misture a farinha, o fermento e o sal. Na batedeira, bata o açúcar, os ovos e a baunilha em velocidade média até a mistura car pálida, cerca de 4 minutos. Adicione a mistura de chocolate e bata até car uniforme. Junte a mistura de secos e bata, raspando os lados da tigela para car homogênea. Adicione as castanhas picadas se desejar. Coloque a massa na fôrma e leve ao forno. Estará pronto quando puser no centro um palito e este sair com umas migalhas coladas, mas não completamente molhado, após em média 30 minutos. Deixe esfriar ligeiramente na fôrma, mais ou menos 15 minutos. Retire da fôrma puxando pelo papel e deixe esfriar por completo numa grade própria antes de cortar em quadrados.

BIA LEITÃO