PUBLICIDADE

Custo

21:06 | 19/02/2019

Além da polêmica envolvendo as suspeitas de candidaturas laranjas do PSL e o embate com o filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador carioca Carlos, pesaram sobre a decisão que levou à demissão de Gustavo Bebianno alertas da equipe econômica e de articuladores políticos sobre o risco de permanência dele às vésperas do envio da reforma da Previdência ao Congresso. Interlocutores fizeram chegar a Bolsonaro recados do mercado financeiro sobre os impactos negativos da crise iniciada há 10 dias, além de avisos de que haveria desgastes desnecessários na negociação com deputados e senadores se o ministro permanecesse à frente da Secretaria-Geral da Presidência.

Temporal

Bebianno sai humilhado do Governo e sem guarda-chuvas num temporal vindouro. Há previsão de chuva de denúncias de articulações estranhas comandadas por ele no PSL.

Madrugadão

Advogados brasilienses estão revoltados com o horário de funcionamento do Juizado Criminal do Fórum Leal Fagundes: das 6h às 13h. Antes, era das 12h às 19h.

Cerco judicial

O ex-senador Luiz Estêvão perdeu um aluguel milionário da sede da APEX Brasil no coração da Esplanada em Brasília. Por dificuldades de recebimentos nos seus CNPJs.

Minerações – parte 2

O diretor-presidente da Agência Nacional de Mineração, Victor Bicca, apadrinhado do MDB de Minas Gerais, está matando no peito a eventual indicação de Mauricyo Correia para procurador do órgão – embora os outros conselheiros não tenham a mesma simpatia. Correia está hoje lotado no Ministério de Minas e Energia.

Escavaçõe$

Curioso é que a Agência conta com o procurador Frederico Munia, mas há pressão política, de todos os lados, para um novo nome no cargo. Isso, em meio às tragédias de Mariana, ainda em análise na Agência, e a recente de Brumadinho. É o cargo e a caneta que decidirão as punições (ou não, em se tratando de Brasil) para a mineradora.

Baixa

É a primeira baixa no comércio em Abadiânia ligada ao fraco movimento com a prisão do médium João de Deus. A principal cafeteria da rua que dá acesso à Casa Don Ignácio está à venda.

Mais Ulysses

Mais do livro de bastidores sobre Ulysses Guimarães que o maître Ozanan, do Piantella, vai lançar sobre o Sr. Diretas: Muitos estranhos iam ao restaurante e “deixavam bilhetes com pedidos de emprego” para o Sr. Diretas. Outra: “Doutor Ulysses jamais entrou sozinho, andava sempre rodeado de amigos. Renato Archer, Tancredo Neves etc.

Robô do bem

Em tempos de tanta notícia ruim na saúde pública, uma boa. O Hospital Universitário Pedro Ernesto, da UERJ, conta agora com o robô Da Vinci Xi, comandado à distância por um cirurgião que fará procedimentos de alta complexidade nas áreas de urologia, cirurgia geral, torácica e ginecológica.

Café da aldeia

Plantadores experts de café no meio da floresta amazônica, sem desmate e sem uso de adubo, os Suruí de Rondônia fizeram parceria com a Três Corações, da famosa marca, para fornecer grãos da mata para a fábrica. Quem celebra é o presidente da Funai, Franklinberg de Freitas.

Grãos da tribo

Os Paresis de Mato Grosso, que arrendam as terras há 15 anos para plantação de soja e milho, passaram a cultivar os grãos e vender ano passado. Só em 2018, faturaram mais de R$ 1 milhão – gerando investimentos no maquinário e distribuição de renda.

Mata-leão

Daí, de uma tragédia, descobre-se que os dois precisavam de tratamento: menino drogado e o segurança aloprado.

 

coluna esplanada