PUBLICIDADE
Opiniao

Editorial: Trânsito mais seguro

01:30 | 08/12/2019

Um dos aspectos que caracterizam a administração do prefeito Roberto Cláudio é o investimento em mobilidade urbana, favorecendo a rapidez do transporte coletivo, com a criação de faixas exclusivas para ônibus e o aumento da proteção aos ciclistas, com uma rede de ciclovias e ciclofaixas.

A segurança dos pedestres também entra na pauta, com a redução da velocidade em várias vias e o estabelecimento de áreas de trânsito calmo. Esse modelo está em dia com o que há de mais moderno no mundo em termos de urbanismo, que busca adotar novos modos de convivência nas cidades.

O carro vem deixando de ser um indicador de status para apresentar-se como um problema. Seja porque entope o trânsito - sem que a abertura de novas ruas ou a construção de novos viadutos resolva a situação - ou pela emissão de gases de efeito estufa, distúrbio que preocupa governos de todo o mundo.

Propagandas educativas também fazer parte desse rol de providências adotadas para reduzir a violência no trânsito. Nesta semana, a Prefeitura lançou a campanha "No trânsito não há segunda chance", incentivando o respeito ao pedestre, a vítima mais frequente dos acidentes de trânsito. O objetivo é conseguir que os motoristas sejam mais prudentes na condução de seus veículos, pois o excesso de velocidade é considerado o principal fator de risco de acidentes em todo o mundo.

Luiz Alberto Sabóia, secretário-executivo da Conservação e Serviços Públicos, lembrou, em entrevista a este jornal (6/12/2019), que uma campanha anterior, estimulando o uso de capacete pelos motociclistas, elevou para 95% o percentual de condutores que utilizam esse equipamento de segurança em Fortaleza.

Espera-se que as advertências de "No trânsito não há segunda chance" tenham a capacidade de fazer os motoristas entenderem que, adotando um comportamento mais prudente no trânsito, estará colaborando para torná-lo mais seguro e ajudando a salvar vidas.

Com veiculação até o fim do mês, a nova campanha será divulgada em jornais, redes sociais e emissoras de rádio e TV. O evento tem a contribuição da Iniciativa Bloomberg, parceira na Prefeitura na área de mobilidade urbana.