PUBLICIDADE

Brasileiro conquista o mundial de Magic

12:29 | 25/02/2020
Paulo Vitor Damo Rosa, o PV, conquistou o mundial do Magic World Championship XXVI
Paulo Vitor Damo Rosa, o PV, conquistou o mundial do Magic World Championship XXVI

No último dia 16, o brasileiro Paulo Vitor Damo Rosa, conhecido como PV, fez um feito histórico no cenário competitivo de Magic: The Gathering (MTG), onde adquiriu o título mundial do Magic World Championship XXVI ao longo de uma semana de muitas emoções para os fãs de Card Game.

O torneio foi realizado Honolulu, no Havaí, onde reuniu os 16 melhores jogadores de MTG do mundo. PV, campeão desta edição, já foi campeão de muitos torneios competitivos do jogo e tentou o seu primeiro título mundial.

A competição foi realizada nos formatos standard e booster draft de Theros Beyond Death, e todas as partidas do Magic World Championship XXVI tiveram transmissão pelo canal oficial da Wizards of the Coast, na Twitch.

Durante o torneio, PV teve diversas atuações, dentre elas, ele atuou contra o argentino, Matias Leveratto por 2x0 e o americano Eli Loveman por 2x1. Logo após emplacar duas vitórias consecutivas, o brasileiro vive um drama ao perder para o português Márcio Carvalho, levando o brasileiro para a repescagem do torneio. Não conformado com sua derrota, Pv buscou redenção ao derrotar o americano Chris Kvarterk por 2x0 e o francês Gabriel Nassif, também por 2x0, entrando para o top 8 do campeonato.

PV novamente encontrou o português Márcio Carvalho, desta vez na final, onde sua revanche foi eternizada ao vencer o português por 2x1 e garantindo seu primeiro título mundial.

Com a vitória, PV conquista o único título profissional que faltava em sua carreira de jogador, ganhando US$ 300 mil, o maior prêmio individual da história do jogo, e ainda encerra um jejum de 18 anos do Brasil sem um campeão mundial da categoria.

Em 2019, o jogo ganhou vida nos E-sports com uma plataforma digital, ajudando os pro players nos treinos contra Inteligência artificial (IA) e outros diversos jogadores.

“Eu pratico no MTG Arena sim. Eu acho que jogar no MTG Arena não substitui treinar com um colega, onde você pode direcionar o treino (quero jogar contra esse baralho específico, por exemplo) e você sabe que o oponente é bom, mas ainda assim é bastante válido. Eu pessoalmente uso o ladder do MTG Arena nos estágios iniciais de teste, para ver quais baralhos existem e como o formato está se movimentando, e depois eu uso o MTG Arena como um filtro inicial para os meus baralhos (se meu baralho não ganha no MTG Arena provavelmente ele é ruim, mas se ele ganha no Arena ele tem potencial). O importante é saber que não é só porque você ganhou 10 jogos seguidos no MTG Arena que seu baralho automaticamente é bom – isso só significa que ele pode ser bom, então você precisa de um teste mais direcionado para garantir. ”, disse PV ao Mais E-sports.

Magic The Gathering Arena é um jogo de cartas colecionáveis digitais free-to-play, ou seja, você consegue jogar gratuitamente. Este jogo é mantido pelo estúdio de desenvolvimento interno da Wizards of the Coast, o Wizards Digital Games Studio. O jogo é uma adaptação digital do jogo de cartas Magic: The Gathering (MTG).

Os jogadores conseguem ganhar cartas através da abertura de boosters, conquistas no jogo ou compras dentro da loja do próprio jogo. Você pode construir seus próprios decks para jogar com outros jogadores online.


Mateus Jereissati Lima
@Matt_Jereissati

O Povo