PUBLICIDADE

O outro lado da moeda

02:00 | 21/04/2019
 DA safra nova da reprise do governo Camilo, um dos grandes destaques é o Secretário das Penitenciárias, Mauro Albuquerque. Linha duríssima, deu um jeito, à sua maneira, nos presídios da cidade. De roldão, enfrentou de cara os chefões do crime organizado. Os presídios estão sob controle com Mauro vigilante. Um olho aberto e o outro também. A Segurança também cresceu com a atuação do secretário André Costa, deslanchando de vez, impondo seu melhor estilo.
DA safra nova da reprise do governo Camilo, um dos grandes destaques é o Secretário das Penitenciárias, Mauro Albuquerque. Linha duríssima, deu um jeito, à sua maneira, nos presídios da cidade. De roldão, enfrentou de cara os chefões do crime organizado. Os presídios estão sob controle com Mauro vigilante. Um olho aberto e o outro também. A Segurança também cresceu com a atuação do secretário André Costa, deslanchando de vez, impondo seu melhor estilo.

1. DESTINO do BNB até que se prove o contrário é a de que permanecerá por essas bandas. A se confirmar oficialmente, ótimo. Outro lado da moeda. Se o objetivo da missão japonesa de deputados cearenses a Brasília, visando permanência do banco, muita fumaça e pouco fogo. Detalhe: a confirmação veio através de assessores da Casa Civil. Que, aliás, nem foi visitada.

2. CABE perguntinha inútil e até idiota. Qual é mesmo a função dos 22 deputados e dos três senadores no Congresso Nacional? Se o pleito fosse feito por todos, vozes uníssonas, junto aos canais competentes, por certo o intragável Rodrigo Maia não reagiria com desdém. Nem balançaria tanto aquele pescoço. Qualquer dia terá um torcicolo daqueles.

3. MAIS pra ficar do que ser engolido pelo glutão BNDES, resta que o trâmite do banco não fique só na retórica. Que os novos dirigentes sejam logo divulgados. Pasmem. Nenhum membro da diretoria anterior foi mexido. Continuam lá mamando nas tetas gordas do BNB, bicos calados, contracheques rechonchudos todo mês. Esta mamata vai acabar. Pau neles!

 

TAGS